Segue busca por reféns do assalto no RS

A Brigada Militar do Rio Grande do Sul segue fazendo buscas no município de Cotiporã, na Serra Gaúcha, em busca dos nove reféns que seguem com os assaltantes, após assalto a uma fábrica de joias do município, na madrugada deste domingo. Ainda não há qualquer pista dos bandidos e das pessoas mantidas com eles.

TÁSSIA KASTNER, Agência Estado

30 Dezembro 2012 | 18h00

A polícia gaúcha mobilizou um efetivo de cerca de 200 policiais, e está usando helicóptero e bote do corpo de bombeiros, para as buscas na região de mata e do rio que passa pela cidade. As saídas do município estão sendo monitoradas, e a polícia está parando carros para verificar documentação, estratégia para tentar impedir a fuga dos bandidos.

A polícia calcula que o ataque tenha sido feito por sete ou oito bandidos, três foram mortos, entre eles o mais procurado do Estado, Elisandro Rodrigo Falcão. Os demais estariam com os reféns.

Mais conteúdo sobre:
busca reféns assalto Cotiporã

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.