Seja você mesmo o sommelier

Começa a funcionar amanhã o primeiro bar de vinhos em sistema self-service da cidade, o Bardega. A grande atração do lugar são doze Enomatics, aquelas máquinas que servem vinho em doses e conservam as garrafas abertas em condições ideais. Elas vão funcionar com um sistema de cartão - você faz a sua escolha, passa o cartão e o vinho é servido na sua taça.

DANIEL TELLES MARQUES, O Estado de S.Paulo

25 Outubro 2012 | 03h09

Só nas máquinas há 96 opções de rótulos, de diferentes países produtores, organizados por estilo e origem, incluindo doces e fortificados. Os preços da dose variam de R$ 4 (o italiano Tellus Syrah 2009) a R$ 280 (60 ml do Château D'Yquen 1997).

Prefere espumantes? Em vez das máquinas, aproxime-se do balcão em que está a champanheira. Ela tem capacidade para 14 garrafas de espumantes de diferentes procedências, estilos e preços.

Quem se encarrega da harmonização de bebidas e pratos é o chef Fábio Andrade, ex-Arola Vintetres. Ele desenvolveu alguns pratos e muitos petiscos para o cardápio do Bardega, como é o caso do ceviche de salmão e avocado (R$ 16) e do entrecôte com farofa de cebola crocante e salada de minivegetais (R$ 35).

E se não souber o que pedir, mas o que comer, basta buscar sugestões em um dos tablets da casa, com aplicativo desenvolvido para o bar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.