1. Usuário
Geral
Assine o Estadão
assine

Senado aprova elevação de misturas de biodiesel e etanol; projeto vai a sanção

REUTERS

02 Setembro 2014 | 19h 20

O plenário do Senado aprovou nesta terça-feira projeto de lei que aumenta o percentual de biodiesel no diesel e que também autoriza o governo a elevar também a mistura de etanol anidro na gasolina, segundo a Agência Senado.

Agora o projeto vai para sanção da presidente Dilma Rousseff.

Com uma mistura maior de combustíveis renováveis nos fósseis, o governo poderia aliviar a necessidade de importação de derivados de petróleo, que tem afetado as contas da Petrobras, uma vez que a estatal vende no mercado interno os produtos a preços inferiores aos de compra no exterior, em função do controle das cotações.

O aumento da mistura de etanol, defendido pelo setor sucroalcooleiro, também poderia amenizar a crise vivida pelas usinas de cana, na medida em que o anidro é mais caro do que o hidratado (usado pelos veículos flex) e poderia ser fonte de receita adicional para as indústrias.

O Projeto de Lei de Conversão 14/2014, decorrente da Medida Provisória 647/2014, autoriza o governo a adotar o limite de 27,5 por cento para a mistura de etanol anidro na gasolina, desde que constatada sua viabilidade técnica.

Um grupo de técnicos estuda, a pedido do governo, se é possível tal mistura sem prejuízo para os motores dos veículos, e uma conclusão é aguardada ainda para este ano.

Atualmente, o Brasil mistura 25 por cento de etanol anidro à gasolina, trabalhando no limite superior estabelecido pela lei. O texto mantém o limite mínimo de 18 por cento.

BIODIESEL

O projeto aumenta para 6 por cento o percentual obrigatório de mistura do biodiesel ao óleo diesel, que antes da edição da Medida Provisória era de 5 por cento.

A partir de 1º de novembro, o percentual subirá novamente, passando para 7 por cento.

Esse percentual, no entanto, poderá ser reduzido pelo Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), caso haja motivo justificado, até o limite de 6 por cento, segundo o texto aprovado.

(Por Roberto Samora)

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo