'Smoke in the beer', em versão brasileira

Em S. Antônio do Pinhal, produtor cria receita defumada desde o malte

Roberto Fonseca, O Estado de S.Paulo

08 Maio 2008 | 04h53

Se as cabras ainda não inspiraram Uwe Lüdke a criar cerveja do estilo bock (que também quer dizer ''bode'' em alemão), sua criação de abelhas forneceu elemento vital à nova receita da Antoniusbier, uma rauchbier (ou cerveja defumada). Em vez de comprar o malte já defumado, como a maior parte dos cervejeiros, resolveu cuidar ele mesmo do processo. ''Montei um defumador caseiro, embutindo um armário de padaria e usando o fumegador do meu apiário como gerador de fumaça. Para a defumação, usei ciscos de peroba e garapeira'', afirmou Lüdke, alemão que trocou o cargo de diretor de multinacional pela criação de cabras e produção de queijos na cidade de Santo Antônio do Pinhal (SP), batizada Capralemão. ''O resultado uma genuína smoke in the water. Ou melhor, in the beer'', brinca, citando uma das mais conhecidas músicas da banda Deep Purple, Smoke on the Water. Além do malte defumado, ele usou outros três tipos para produzir sua rauchbier. A base da cerveja foi a receita de uma ale (de alta fermentação) escura. Com 4,9% de teor alcoólico, a cerveja possui cor marrom-escura, e é pouco translúcida, devido à presença de fermento na garrafa. No copo, ela tem média formação de espuma, que, no entanto, é persistente. O aroma, como era de se esperar, é dominado pelo defumado, lembrando bacon e madeira queimada. No fundo, ainda há notas de lúpulo, malte torrado e um rápido frutado. O sabor também é marcado pelo defumado, com amargor bastante perceptível. Poderia, porém, ter um pouco mais de corpo. A Antoniusbier é vendida apenas no Capralemão, em Santo Antônio do Pinhal. Cada garrafa long neck custa R$ 3. Além da rauchbier, Ludke ainda produz uma dunkel (escura), uma pale ale e uma weiss. Informações: (12) 8124-3264. NOVIDADES AUSTRÍACAS Além da Samichlaus, a Bier & Wein (5643-8584) trouxe ao Brasil outras cervejas austríacas do mesmo produtor, a Schloss Eggenberg. Na lista, estão a Urbock 23º, do estilo double bock, com 9,6% de teor alcoólico, que fica nove meses em maturação. Ela custará entre R$ 12 e R$ 15. Ainda chegam a Mc Queens Nessie (5%), com malte de whisky (entre R$ 9 e R$ 12) e a pilsen Hopfenkõnig (5,1%), ou ''rainha do lúpulo'', com preço entre R$ 6,50 e R$ 9. A importadora ainda trouxe da República Checa a pilsen 1795 (4,7%). Ela deve custar entre R$ 7,50 e R$ 9.

Mais conteúdo sobre:
cerveja defumada paladar

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.