Spurrier vem ao Brasil fazer o Julgamento de São Paulo

O britânico Steven Spurrier

O Estado de S.Paulo

27 Fevereiro 2014 | 02h16

(foto) aceitou o convite do Instituto Brasileiro do Vinho, Ibravin, para conduzir uma degustação em que espumantes brasileiros vão enfrentar, na taça, os espumantes produzidos em diferentes países. A prova está marcada para 25 de abril, uma sexta-feira, em São Paulo, logo após a Expovinis. Os vinhos serão avaliados por cem especialistas, numa grande degustação às cegas, em que os degustadores não sabem quais são os vinhos.

A degustação já está sendo chamada de Julgamento de São Paulo, em referência ao Julgamento de Paris, célebre degustação que colocou os vinhos californianos no cenário mundial. Na prova às cegas, idealizada e conduzida por Steven Spurrier, em 1976, brancos e tintos da Califórnia enfrentaram grandes Bordeaux e Borgonhas e, em alguns casos, foram avaliados como superiores. Detalhe: apenas um dos degustadores não era europeu.

Anos depois, a história - que vem sendo contada e recontada desde então por produtores americanos - se tornou um livro de sucesso no mercado do vinho e virou filme.

Ao idealizar a prova, o objetivo do Ibravin é conquistar espaço para o espumante brasileiro e projetá-lo com destaque entre os rótulos do Novo Mundo, segundo afirma o gerente de promoção para o mercado interno do Ibravin, Diego Bertolini. / M.M.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.