STJ decreta prisão preventiva de José Roberto Arruda

O Superior Tribunal de Justiça decretou nesta quinta-feira a prisão do governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, acusado de tentar subornar uma testemunha e envolvido num escândalo de suposto pagamento de propinas.

REUTERS

11 Fevereiro 2010 | 17h36

Em corte especial do tribunal, 12 ministros votaram a favor da prisão e afastamento do cargo de Arruda, enquanto dois foram contrários.

(Reportagem de Fernando Exman)

Mais conteúdo sobre:
POLITICA ARRUDA PRISAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.