Tão macias que só comendo de colher

A bochecha marcou presença em diversos momentos no 8º Paladar Cozinha do Brasil. De porco, peixe ou carne bovina, essa parte muito usada em cozinhas como a espanhola e a italiana, mostrou que seu prestígio está crescendo entre os chefs brasileiros.

O Estado de S.Paulo

25 Setembro 2014 | 02h09

Na aula Carne Sustentável, o ambientalista e gastrônomo Roberto Smeraldi serviu de colher a bochecha braseada ao vinho - de tão macia, a carne dipensava garfo e faca. Ele mostrou que a bocheca de boa procedência e bem preparada, vira estrela.

A bochecha também foi destaque na cozinha dividida pelos chefs Bella Masano, do Amadeus, e Cauê Tessuto, d' A Peixaria. Na oficina Mistura de Peixe participantes puderam conhecer a bochecha de tamboril, uma carne tão interessante quanto o próprio peixe, mas que geralmente vai para o lixo.

Saborosa, a bochecha de porco fez participação especial em Miúdos Amiúde. Assim como as vísceras, esse corte menos valorizado pode surpreender.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.