Ir para o conteúdo
ir para o conteúdo
 • 
Você está em Notícias >
Início do conteúdo

Tarifa de ônibus sobe hoje para R$ 2,70 em SP

04 de janeiro de 2010 | 8h 34
AE - Agencia Estado

A partir de hoje, a tarifa de ônibus em São Paulo passa a ser de R$ 2,70, valor 17,4% maior do que a tarifa anterior, de R$ 2,30. Desde 2006, o preço da passagem não era reajustado. Em 2008, para cumprir uma promessa eleitoral, o prefeito Gilberto Kassab (DEM) manteve a tarifa congelada. Segundo a Prefeitura, o novo valor "corresponde apenas à defasagem provocada pela inflação desde novembro de 2006".

De acordo com a administração municipal, o dinheiro gasto pela população com as passagens de ônibus ainda não cobre as despesas com o transporte público. No ano passado, a Prefeitura gastou mais de R$ 800 milhões com subsídios, valor que superou em mais de R$ 200 milhões o orçamento previsto.

Para manter o valor da tarifa em R$ 2,30 por três anos, a Prefeitura precisou usar no setor parte do dinheiro que seria investido em obras do Rodoanel e na expansão do metrô. Neste ano, a previsão é de que a Prefeitura repasse R$ 360 milhões, em subsídios, às empresas.

O último reajuste, em novembro de 2006, foi de 15% e elevou o preço da passagem de R$ 2 para R$ 2,30.Com o novo valor, sobe também o preço da integração do ônibus com o metrô. Até ontem, os passageiros podiam fazer a transição entre os sistemas pagando R$ 3,65. Agora, o valor sobe para R$ 4.

Inspeção veicular

Com dez endereços possíveis para a marcação dos testes, o agendamento para o calendário de 2010 da inspeção veicular ambiental começa amanhã para carros, motos, ônibus e veículos leves a diesel com placas de final 1. Os testes, que serão realizados a partir de 1.º de fevereiro, são agendados pela internet, pelo site www.controlar.com.br.

O agendamento tem como base o cronograma de licenciamentos de veículos do Detran-SP e só é possível após pagamento de uma taxa de R$ 56,44 e a compensação bancária. O valor da tarifa não será mais devolvido pela Prefeitura.

Neste ano, toda a frota registrada na cidade, ou cerca de 6,5 milhões de veículos, será convocada. O objetivo do programa é reduzir a emissão veicular de poluentes. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.



Tópicos: Transportes, ônibus, Tarifa, SP

Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão




Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo