1. Usuário
Geral
Assine o Estadão
assine


Telefônica Brasil anuncia avanços em IPTV e 4G

SÉRGIO S - Reuters

09 Outubro 2012 | 20h 21

A Telefônica Brasil anunciou nesta terça-feira seus avanços no segmento de TV por protocolo de Internet (IPTV) e em Internet móvel de quarta geração (4G).

No primeiro, a empresa afirmou que sua aguardada plataforma de IPTV na rede de fibra ótica estará operacional neste mês, e que a operadora trabalha nos últimos ajustes para disponibilizar esses serviços comercialmente.

A empresa também divulgou ter fechado contratos para construção de sua rede 4G com a sueca Ericsson para as regiões Norte e Centro-Oeste, além dos Estados de São Paulo, Minas Gerais e Bahia.

Já para complementar a cobertura das cidades-sedes da Copa das Confederações, a Vivo escolheu a chinesa Huawei para fornecer 4G em Fortaleza, Recife e Rio de Janeiro.

A contratação dos fornecedores das operadoras acontecem em um momento crucial no qual Claro e Oi já anunciaram o lançamento experimental de suas redes de 4G.

Não foram divulgados os valores desses contratos.

"Estamos nesse projeto já há um tempo... (os fornecedores) estavam com uns valores que não eram aqueles que a gente desejava atualmente e conversamos até escolhermos esses fornecedores", afirmou Valente a jornalistas nesta terça-feira.

Mais cedo, Valente afirmou que a Telefônica tem que utilizar a experiência do grupo Telefónica na Alemanha na instalação de 4G para ter sucesso também no Brasil.

"Para as demais áreas ainda estamos em processo de seleção e por isso não descartamos nenhuma possibilidade", afirmou o diretor-geral da Telefônica Brasil, Paulo Cesar Teixeira.

IPTV

A Telefônica anunciou também que estará operacional neste mês sua plataforma de IPTV sobre rede de fibra ótica, que deve liderar os serviços de ponta da operadora nos próximos anos.

Pela manhã, Valente informou que ao fim de setembro a Telefônica Brasil possuía 100 mil clientes finais com rede de fibra ótica, que atualmente fornece apenas banda larga sob a marca do grupo, a Vivo.

Agora, a empresa faz os últimos ajustes para tornar a plataforma de IPTV --que permite maior interatividade e recursos para TV paga-- comercialmente disponível, mas não deu um prazo específico para isso.

Atualmente, a rede de fibra ótica da Telefônica Brasil está acessível a 1 milhão de domicílios no Estado de São Paulo.

"Basicamente (este serviço) é para ser o carro chefe de produtos dentro dessa zona que estamos trabalhando de 1 milhão" de domicílios, afirmou o diretor de negócios de TV e fibra da Telefônica, Roberto Piazza.

Segundo ele, a Telefônica trabalha atualmente na preparação de sua rede para que os serviços sejam ampliados para abranger 1,5 milhão de domicílios no Estado até meados do ano que vem.

A plataforma de IPTV da Telefônica utiliza sistema da Microsoft.

A operadora também prepara o lançamento para "muito em breve" de serviços de 200 megabits por segundo (Mbps) para banda larga em serviços nessa rede, ante 100 Mbps atuais, segundo Piazza.