Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Geral » Tiroteio assusta moradores do complexo do Alemão, no Rio

Estadão

Estadão

tiroteio

Tiroteio assusta moradores do complexo do Alemão, no Rio

Uma intensa troca de tiros assustou moradores do Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro, entre o fim da noite de terça-feira, 28 e a madrugada desta quarta, 29.

0

MARCELO GOMES,
Agência Estado

29 Janeiro 2014 | 10h29

Pelas redes sociais, moradores relatam que ouviram barulhos de tiros em várias favelas da região. O confronto, no entanto, foi mais intenso na Nova Brasília. Ainda segundo relatos, as sedes de três UPPs (Nova Brasília, Alemão e Fazendinha) teriam sido atacadas. Uma granada também teria sido atirada na recém-inaugurada 45ª Delegacia de Polícia (Complexo do Alemão). As informações, no entanto, não foram confirmadas pelas polícias Militar e Civil.

Por conta dos tiroteios, o patrulhamento no conjunto de favelas foi reforçado com homens do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), tropas de elite das polícias Militar e Civil, respectivamente.

Considerado o quartel-general do Comando Vermelho, a maior facção de tráfico de drogas do Rio, o conjunto de favelas foi ocupado pelas forças de segurança em novembro de 2010, após uma onda de ataques a ônibus e postos policiais que levou pânico à cidade. O complexo ficou permanente ocupado pelo Exército até meados de 2012, quando foram inauguradas quatro Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) no local.

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.