1. Usuário
Geral
Assine o Estadão
assine

Torcedor equatoriano fica em estado grave após cair de 3º andar de aeroporto

REUTERS

30 Junho 2014 | 16h 30

Um torcedor equatoriano que veio ao Brasil acompanhar a Copa do Mundo está internado em estado grave em um hospital público do Rio de Janeiro, após cair do terceiro andar do aeroporto internacional da cidade, informou a Secretaria de Saúde da cidade.

José Benjamin Laoiza Paladine, de 39 anos, teve múltiplas fraturas em razão da queda na noite do último domingo no terminal 1 do aeroporto disse uma porta-voz da secretaria.

“Foram várias fraturas; um caso sério e ele está no CTI (centro de terapia intensiva) com trauma no crânio, face e nos braços”, disse à Reuters a porta-voz.

O consulado equatoriano foi informado e a polícia do Rio de Janeiro abriu inquérito para apurar as circunstancias da queda do terceiro para o segundo andar do aeroporto. Funcionários do aeroporto e testemunhas estão sendo ouvidas. Informações não confirmadas apontam que ele poderia estar numa área reservada a funcionários do terminal

A polícia também está analisando imagens do circuito de TV do aeroporto para auxiliar nas investigações.

“O delegado solicitou imagens de câmeras de segurança do aeroporto para que sejam analisadas. Outros procedimentos estão sendo adotados para apurar os fatos”, informou a Policia Civil em comunicado.

O consulado do Equador informou que José Paladine está no Brasil por conta da Copa do Mundo e que a família foi informada e está vindo para o Rio de Janeiro.

"Não estão claras as informações, é muito difícil a apreciação sobre o que aconteceu, Nós do consulado mantemos contato com a polícia e hospital mas não temos nada oficial. Só sabemos que o estado dele é grave", informou à Reuters uma funcionária do consulado do Equador.

Neste ano, uma menina argentina de três anos caiu de um vão do aeroporto e ficou internada por dias em estado grave com traumatismo craniano e na face.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)