1. Usuário
Geral
Assine o Estadão
assine

Traficante morre em confronto com PMs no Andaraí (RJ)

PEDRO DANTAS - Agência Estado

12 Março 2011 | 15h 27

Ocupado pela Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) desde julho do ano passado, o Morro do Andaraí, na zona norte do Rio, registrou durante o carnaval a primeira morte de um traficante em confronto com policiais dentro de uma favela pacificada. De acordo com a PM, Wellington dos Santos de Souza, conhecido como "Taca Bala", era remanescente do tráfico de drogas e tentava retornar à favela. "Ele já havia aparecido na comunidade desarmado e os moradores sempre o denunciavam. Ficavam apavorados com a presença dele", disse o comandante das UPPs, coronel Robson Rodrigues.

O traficante entrou na favela em uma moto quando foi abordado pelos policiais, na madrugada da segunda-feira de carnaval. Ao receber a ordem para levantar a camisa, ele abriu a pochete e sacou uma granada defensiva. Ao fazer o movimento para tirar o pino do artefato, os policiais o atingiram com dois tiros no abdômen.

O criminoso morreu na hora. Com ele, a polícia encontrou 194 papelotes de cocaína. O caso foi registrado como auto de resistência e tentativa de homicídio contra os policiais na 19ª Delegacia de Polícia da Tijuca. O Esquadrão Antibombas foi chamado e desativou o explosivo.

O comandante das UPPs afirmou que o episódio apenas reforça o apoio da população à ocupação das favelas.

"O procedimento dos policiais foi correto e mostrou que os policiais da UPP estão preparados para qualquer tentativa de retomada por parte do tráfico. A população das comunidades ocupadas criou uma rede de informações que facilita o nosso trabalho, pois funciona como um sistema de alerta para a presença de criminosos procurados ou até daqueles que ainda não são conhecidos pela polícia", disse o coronel.