Trapista made in USA

Se depender do monastério de St. Joseph, em Massachusetts (EUA), o grupo de produtores de cervejas trapistas deve ter seu nono integrante - o primeiro fora da Europa. Ele pediu inscrição na Associação Trapista Internacional e, segundo o site norte-americano Beer Advocate, tem consultoria da belga Chimay nos testes de receitas. A previsão é iniciar atividade ainda em 2013.

O Estado de S.Paulo

25 Outubro 2012 | 03h12

A austríaca Gregorius, última a ter o selo de cerveja trapista, será vendida no Brasil até o fim de novembro, pela Bier&Wein (www.buw.com.br).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.