1. Usuário
Geral
Assine o Estadão
assine


Tucuruvi desfila viagem pela imaginação infantil

JOSÉ ROBERTO CASTRO - Agência Estado

01 Março 2014 | 03h 58

São Paulo, 01/03/2014 - A história de um menino que sonha em se tornar carnavalesco. Com o enredo "Uma fantástica viagem pela imaginação infantil", a Acadêmicos do Tucuruvi vai explorar o universo infantil com os aspectos lúdicos, os sonhos e os medos das crianças.

Este é o quinto ano do carnavalesco Wagner Santos à frente da escola. Ele não quis deixar de lado a crítica social e vai tratar de temas delicados como obesidade infantil e pedofilia. O objetivo é fazer uma critica social bem humorada, mostrando a educação como caminho para se ter crianças mais alegres na sociedade.

A escola é a quinta a entrar na avenida na primeira noite de desfiles, vai levar 2,8 mil componentes e cinco carros ao Anhembi: o abre-alas vai retratar o mundo da imaginação, com parques de diversões, fadas e duendes. Os outros vão mostrar o mundo real, o mundo virtual, o mundo dos medos e o mundo do saber.

O presidente da escola, fundada em 1976 e sediada na zona Norte, é Hussein Abdo El Selam, conhecido como Sr. Jamil. Sob o comando dele, a Acadêmicos do Tucuruvi foi vice-campeã três vezes (1992, 1997 e 2011).

Confira o samba-enredo da Acadêmicos do Tucuruvi:

Pega-Pega, Esconde-Esconde

Vamos Todos Cirandar

Pro Bicho-Papão, Não Tô Nem Aí

É Festa, Sou Tucuruvi!

Eu Sonhei...

Embarquei Nessa Viagem

Vista a Fantasia, Caia na Folia

Pra Ser Feliz Não Tem Idade

no Castelo Encantado

Duendes e Fadas Num Doce Bailar

Contos e Canções,

Tantos Corações a Embalar e Sonhar

Será Magia ou Ilusão?

no Reino da Imaginação

Quem É o Dono da Rua? Sei Lá!

Eu Só Quero Curtir, Compartilhar

Empino Pipa, Solto Pião

e Tenho o Mundo na Palma da Minha Mão

Vou Cair na Tentação, Me Entregar

Num Céu de Brigadeiro Alcançar

As Doces Nuvens de Algodão

Vou Enfrentar

a Cada Traço Que Eu Desenhar

Super-Heróis Virão Me Defender

e Os Vilões Não Irei Mais Temer

Educação É Ir Além!

Vou Embarcar, Chegou o Trem

Um Novo Dia Virá... Espelho Eu sereis