Um laboratório de sabores

A partir de 11 de junho acontecem o São Paulo Food & Wine - com chefs e sommeliers estrangeiros - e o 2º Laboratório Paladar - que vai reunir cozinheiros de várias partes do país, em atividades dedicadas a valorizar receitas e ingredientes brasileiros

O Estado de S.Paulo

15 Maio 2008 | 03h19

Daqui a pouco menos de um mês, São Paulo vai ser invadida por cozinheiros de várias procedências. Eles podem ser mestres-cucas com estrelas Michelin, famosos mundialmente, ou vir do interior do Brasil, com saberes e produtos pouco conhecidos no Sudeste. É o evento São Paulo Food & Wine e 2º Laboratório Paladar de Cozinha Brasileira, promovidos pelo Grand Hyatt e pelo jornal O Estado de S. Paulo. Entre 11 e 15 de junho, jantares, aulas, degustações, vão acontecer nos salões do hotel, de manhã até a noite. A programação do Food & Wine inclui almoços e jantares especiais, harmonizados com vinhos escolhidos por vinhateiros e sommeliers convidados. Carl Emberson, diretor-geral do Hyatt São Paulo, ressalta o potencial do evento: ''Já organizei o Masters of Food & Wine de Mendoza, Argentina e, quando vim para São Paulo, vi que poderíamos fazer algo grandioso, ainda mais em parceria com o Paladar.'' Para o SPF&W, virão 24 chefs estrangeiros, entre eles: Nicolas Le Bec (França); Montse Estruch (El Cingle, Espanha); Toshio Tomita (Nobu, NY, EUA); Francis Mallman (1884, Argentina); Tarek Bardag (Awtar, Dubai). Já a segunda edição do Laboratório Paladar de Cozinha Brasileira acontece dias 13, 14 e 15 de junho. Serão aulas, palestras e degustações com chefs de São Paulo e de outros Estados, todos dedicados, cada qual a seu estilo, à cozinha brasileira. Nas atividades, os cozinheiros mostrarão receitas e idéias ligadas a produtos e tradições nacionais. Entre os nomes, estão Alex Atala (D.O.M.), Mara Salles (Tordesilhas), Edinho Engel (Amado e Manacá), participantes do 1º Laboratório, em 2006, além de Carla Pernambuco (Carlota), Rodrigo Oliveira (Mocotó), Ana Luiza Trajano (Brasil a Gosto), Alain Poletto (D.O.M.), Helena Rizzo (Maní), Beto Pimentel (Paraíso Tropical, Salvador), Marc Le Dantec (Salvador), Nelsa Trombino (Xapuri, Belo Horizonte), Maria do Céu Athayde (de Manaus), Jerônima Barbosa (da Ilha de Marajó), Simon Lau (Aquavit, Brasília) e vários outros. Além das aulas individuais os chefs participarão de atividades coletivas, criando e improvisando, como é do espírito do Laboratório Paladar (veja box à direita). Aproximando cozinheiros de diferentes origens, a idéia é divulgar técnicas e produtos regionais, promovendo o intercâmbio de conhecimento e valorizando a culinária do Brasil. O evento engloba ainda palestras sobre temas ligados a nossa cozinha, mesas-redondas e degustações de vinhos, cachaças e cervejas nacionais.

Mais conteúdo sobre:
são paulo food & wine paladar chefs

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.