Vendas de software e lucro da Oracle superam estimativas

O lucro trimestral da Oracle superou as expectativas de Wall Street após forte crescimento em vendas de software, sugerindo que a aproximação do "abismo fiscal" ainda não derrubou os gastos corporativos com tecnologia.

Reuters

18 Dezembro 2012 | 20h54

A ação da terceira maior desenvolvedora de softwares do mundo avançou 2,6 por cento com as notícias.

"Eu chamaria de um presente de Natal adiantado", disse o analista Daniel Ives, do FBR Capital Markets. "É um sinal positivo para o setor tecnológico de maneira geral".

A companhia anunciou que as vendas de software e assinaturas de software na nuvem avançaram 17 por cento frente ao ano anterior, para 2,4 bilhões de dólares em seu segundo trimestre fiscal.

A Oracle havia projetado que as vendas de novos softwares cresceriam 5 a 15 por cento contra o ano anterior.

O lucro trimestral da Oracle, excluindo itens extraordinários, foi de 0,64 dólar por ação, superando a projeção média de analistas de 0,61 dólar, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S.

A ação da oracle teve alta no after-market, para 33,75 dólares, após fechar a 32,88 dólares na Nasdaq.

(Reportagem de Jim Finkle)

Mais conteúdo sobre:
TECH SOFTWARE ORACLE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.