‘Wii Music’ passa no teste do ‘Link’

Apresentado em 2006, como uma demonstração do potencial do Wii, Wii Music finalmente chegará, no final de 2008, às casas dos jogadores. Na NEX 2008, tivemos a chance de testar o curioso jogo. A proposta do game é estimular a percepção do ritmo, ao mesmo tempo que diverte. Não existe o nível de desafio de um Guitar Hero. O negócio é oferecer uma experiência instantânea e simples de interação. Wii Music funciona mais ou menos como Wii Sports. O jogo não tem a menos pretensão de ser realista. O único compromisso é com a diversão. Testamos vários instrumentos musicais no game. O violino é um dos mais legais. Segurando o nunchaku e o wiimote como se fossem o instrumento, é só imaginar que se está tocando, imitando os movimentos. É como brincar de faz de conta, mas com uma resposta imediata na tela. O xilofone foi outro instrumento interessante. Não é necessário acertar as notas musicais, basta mover o wiimote e o nunchaku como se fossem os bastões. As notas musicais saem automaticamente. Basta sacudir os controles no ritmo certo e a música vai rolando, os personagens ficam animados e começam a tocar mais alto. A guitarra elétrica não parece em nada a de Guitar Hero. Uma mão simula a empunhadura do braço da guitarra e a outra simula as palhetadas. No começo é complicado tocar, mas em poucos minutos, você se sente um virtuoso. O mais bizarro é a fantasia de cachorro. Ao mover as mãos, o personagem na tela faz poses fofas e um insano som de cachorro é tocado. A Nintendo já confirmou a inclusão de uma fantasia de gato, para agradar a todos os públicos. Ideal para jogar em família ou com os amigos – até quatro jogadores podem tocar ao mesmo tempo – Wii Music é garantia de diversão rápida e instantânea.

Jocelyn Auricchio,

25 Agosto 2008 | 00h00

Mais conteúdo sobre:
games

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.