Windows Vista custará a partir de R$ 299 no varejo

Com dois anos de atraso, chega hoje ao varejo de todo o mundo o Windows Vista, nova versão do sistema operacional da Microsoft. A empresa também lança o Office 2007. Quatorze fabricantes brasileiros estão lançando cerca de 40 máquinas com o software. Devem ser vendidos entre 10 milhões e 11 milhões de computadores no Brasil este ano. Segundo Alexandre Leite, gerente-geral da Divisão Windows Client da Microsoft Brasil, a maioria deve vir com o Vista. O País fechou 2006 com cerca de 30 milhões de computadores. Deve fechar este ano alguma coisa entre 35 milhões e 37 milhões de máquinas. Esta diferença - entre 5 milhões e 7 milhões de unidades - é o mercado potencial do Vista. Mas a empresa manterá o Windows XP, versão anterior do sistema operacional, à venda como sistema em separado em embutido em micros novos (principalmente em gerações anteriores de computadores). ?Continuamos a vender o XP enquanto houver demanda?, explicou Leite. Benefícios A Microsoft foi ainda beneficiada indiretamente pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que ampliou para R$ 4 mil o preço dos computadores beneficiados pela isenção de PIS/Cofins, criada pela "Medida Provisória (MP) do Bem". Os limites anteriores eram de R$ 2,5 mil para computadores de mesa e de R$ 3 mil para portáteis. Como o Vista exige máquinas mais parrudas, os fabricantes estavam sentindo dificuldade de enquadrar os novos modelos no teto antigo do benefício. ?O governo brasileiro mostra uma posição proativa e louvável ao incentivar o setor, a competitividade da indústria e a inclusão digital?, afirmou o diretor de Marketing e Vendas da Microsoft Brasil, Luiz Marcelo Marrey Moncau. O Windows custa a partir de R$ 299 e o Office a partir de R$ 399.

Agencia Estado,

30 Janeiro 2007 | 13h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.