YouTube diz que remove vídeos de Cicarelli continuamente

O portal de vídeos YouTube se defende do caso dos vídeos que mostram a modelo Daniela Cicarelli retirando os arquivos do ar não por conta de qualquer decisão da justiça brasileira, mas porque os vídeos violam a política de uso do site. "O vídeo já havia sido removido do site, mas foi publicado de novo recentemente. Nós notamos isso por conta de notícias publicadas na imprensa e usuários que denunciaram o conteúdo impróprio e estas cópias são removidas imediatamente", disse Jaime Schopflin, porta-voz do YouTube. Segundo informações do serviço, que foi comprado no ano passado pela gigante de buscas Google, são publicados diariamente cerca de 65 mil vídeos no site, que mantém uma política de estimular a própria comunidade de usuários a filtrar conteúdos inapropriados. "Temos pessoas removendo arquivos impróprios 24 horas por dia", afirmou Schopflin.

Agencia Estado,

08 Janeiro 2007 | 15h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.