ir para o conteúdo
 • 

Patrocinado por

Você está em Notícias > Política

Lei antinepotismo é respeitada no Estado, diz secretário

Pernambuco foi o primeiro, e único, Estado a aprovar a lei

09 de fevereiro de 2014 | 2h 10
O Estado de S.Paulo

RECIFE - O secretário estadual de Comunicação, Evaldo Costa, afirma que Pernambuco foi o primeiro - e o único - Estado a aprovar uma lei antinepotismo, em 2007. Seu teor é semelhante ao decreto federal que trata da questão e determina que "fica vedado, no âmbito da administração pública estadual, direta e indireta, o exercício de cargo em comissão ou de função gratificada, por cônjuge, companheiro ou parente, em linha reta e colateral, até o terceiro grau" do governador, vice e secretários.

"Não há um só caso da administração pública que transgrida o limite legal aceito nacionalmente", assegura Costa. "A lei está sendo respeitada."

Usando como exemplo o caso de Maurício Rands, primo da primeira-dama Renata, que foi secretário do governo Campos em 2011 e que surge agora como alternativa para a sua sucessão, Costa indaga: "Onde passa a configurar privilégio? Rands tem uma carreira política tão destacada quanto o governador", afirma.

Rands também nega que as escolhas de Campos sejam feitas com base em relações familiares. "Nossa geração cresceu em um Estado ideologizado. É normal que tenham parentes militantes. Mas não é o parentesco que move essas pessoas", diz.

Costa observou ainda que há parentes no governo que são concursados, como Ana Elisabeth de Andrade Lima Molina, irmã de Renata, que trabalha na Secretaria de Saúde do Estado desde os anos 1980.

Procurada, a assessoria de Tadeu Alencar negou o parentesco do secretário com Campos e a de Paulo Câmara disse que ele não iria se manifestar. / A.L. e P.V.






Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão

Cerveró discorda que Pasadena era mau negócio

  • Cerveró discorda que Pasadena era mau negócio
  • Pasadena não foi um bom negócio, diz Graça Foster
  • Candidatos de oposição escolhem São Paulo para sediar campanha



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo