Ir para o conteúdo
ir para o conteúdo
 • 
Você está em Notícias > São Paulo
Início do conteúdo

Polícia investiga série de 5 homicídios em Luziânia, Goiás

Quatro mortes ocorreram neste ano e a 5ª, em 2007; vítimas foram encontradas degoladas e as mulheres, violentadas

13 de abril de 2011 | 0h 00
Rubens Santos - O Estado de S.Paulo

ESPECIAL PARA O ESTADO / GOIÂNIA

A Polícia Civil de Goiás investiga cinco assassinatos ocorridos em Luziânia (GO), no Entorno do Distrito Federal. Os crimes têm em comum o fato de as vítimas terem sido degoladas e os corpos deixados no bairro Parque Estrela D"Alva II. Três vítimas eram mulheres - todas foram violentadas. Quatro crimes ocorreram entre fevereiro e março. Thais Martins de Almeida foi morta em 2007 em circunstâncias semelhantes.

Até ontem, quatro suspeitos haviam sido presos pela Delegacia de Atendimento da Mulher. "Ainda não há como tipificar os casos como ação de um serial killer", disse Juraci José Ferreira, delegado regional da Polícia Civil de Goiás, em Luziânia. "Há coincidências e estamos próximos de um desfecho."

Os crimes chamaram a atenção a partir da morte da estudante Juliete Lima de Oliveira, de 17 anos. A garota desapareceu na saída da escola, no Parque Estrela D"Alva, em 31 de março. O corpo foi encontrado no dia seguinte, às margens da BR-040.

Uma semana antes, foi encontrado morto Clelton da Silva Oliveira, de 15 anos. Elias Silva, de 48, foi morto em março e, um mês antes, Maria Aparecida de Oliveira, de 35.

Para esclarecer os crimes e reduzir os índices de violência, ontem a Secretaria de Segurança Pública de Goiás instalou o Grupo de Investigação de Homicídio de Luziânia, na área dos crimes. À noite, o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), anunciou o envio, segunda-feira, de 70 homens da Força Nacional de Segurança para o Entorno do Distrito Federal. O objetivo é reduzir a violência nos 11 municípios goianos que cercam Brasília.

Recorde. Para efeito de comparação, a média de homicídios registrada no Brasil é de 24 mortes para cada 100 mil habitantes. No Entorno do DF, o índice é de 75 mortes por 100 mil habitantes. Ao lado de Luziânia, os municípios de Novo Gama, Cidade Ocidental e Valparaíso estão no topo da lista de homicídios no Entorno.

PARA LEMBRAR

Há 1 ano, o pedreiro Adimar Jesus da Silva confessou ter matado seis jovens de 13 a 19 anos de Luziânia entre dezembro de 2009 e janeiro de 2010. Quando cometeu os crimes, ele cumpria, em prisão domiciliar, pena por atentado violento ao pudor. Uma semana depois de ser capturado pelos crimes de 2009 e 2010, Silva foi encontrado morto na cela.


Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão

Funcionários tentaram controlar fogo de ônibus em Osasco

  • Funcionários tentaram controlar fogo de ônibus em Osasco
  •  Psicóloga dá dicas para escolher carreira
  • Brasília: monumental na aparência e nas distâncias



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo