Furacão Sandy provoca alagamentos e mortes em NY

O furacão Sandy chegou na cidade de Nova York e começa a provocar as primeiras tragédias. Inundações, desabamentos e ao menos 7 mortes foram reportadas na noite de hoje.

EQUIPE AE, Agência Estado

30 Outubro 2012 | 00h09

Somente no Estado de Nova York, cinco pessoas morreram, entre elas estão duas crianças, atingidas por uma árvore que caiu por causa dos fortes ventos. No bairro do Queens, um homem que assistia televisão em casa também morreu com a queda de uma árvore sobre sua residência. Segundo a CNN, mais duas pessoas morreram no estado de New Jersey, também vítimas de queda de árvores.

No bairro de Chelsea, em Manhattan, toda a fachada de um prédio desabou. Na região conhecida como Lower Manhattan, onde está o centro financeiro da cidade, Wall Street, há vários pontos de alagamento. Algumas estações do metrô e o túnel que liga a região ao bairro do Brooklyn também estão inundados, reportou a Metropolitan Transportation Authority (MTA), que cuida do transporte público da cidade. Na mesma região, ao menos 250 mil pessoas estão sem luz.

As enchentes causadas pelo furacão também causaram agora a noite o fechamento de dois aeroportos, o John F.Kennedy (JFK) e o La Guardia, ambos inundados em algumas partes.

Mais conteúdo sobre:
EUA FURACÃO SANDY

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.