Homem que previu fim do mundo sofre AVC e é internado na Califórnia

Harold Camping está internado desde quinta-feira; notícia foi divulgada apenas sábado pela internet

Agência Estado

13 Junho 2011 | 13h51

Camping, de 89 anos, fundou igreja protestante e divulgou a 'segunda vinda de Cristo'

 

ALAMEDA - Harold Camping, o homem que previu que o mundo acabaria em 21 de maio, sofreu um acidente vascular cerebral (AVC). O pregador de 89 anos, dono de uma rádio na Califórnia, foi hospitalizado na noite de quinta-feira, 9, após sofrer o AVC em sua casa na cidade de Alameda. Charles Menut, gerente regional da Family Stations Inc., de propriedade de Camping, contou o fato aos seguidores numa mensagem na internet postada no sábado, 11. Menut não deu detalhes.

A rádio de Camping gastou mais de US$ 100 milhões para divulgar a previsão do evangelista nos últimos sete anos. Como o mundo não acabou no dia previsto, Camping foi alvo de gozação, mas afirmou que sua previsão estava correta e que o fim do mundo vai acontecer em 21 de outubro. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
saúde morte religião fim do mundo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.