Netanyahu diz que EUA e Israel são aliados e amigos

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, tentou minimizar as tensões com os Estados Unidos, depois de um difícil encontro na Casa Branca na semana passada. Em seus primeiros comentários públicos sobre o assunto, Netanyahu disse, neste domingo, que Israel e Estados Unidos são "aliados e amigos" e podem trabalhar suas diferenças.

AE-AP, Agência Estado

28 Março 2010 | 10h29

As relações entre os dois países foram prejudicadas por discordâncias sobre a construção de assentamentos israelenses em regiões de conflito com os palestinos. Netanyahu rejeitou os pedidos dos Estados Unidos para que interrompesse a construção de casas na disputada área Leste de Jerusalém.

Netanyahu afirmou que estas "são discordâncias entre amigos e é isso que vão continuar sendo". A expectativa era de que o gabinete do primeiro-ministro discutisse as demandas dos Estados Unidos sobre o comportamento junto aos palestinos, na medida em que a administração do presidente americano Barack Obama vem tentando retomar as discussões sobre a paz.

Mais conteúdo sobre:
Israel EUA assentamentos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.