ir para o conteúdo
 • 

Patrocinado por

Você está em Notícias > Política

Alckmin elogia 'atitude de desprendimento' de Serra

17 de dezembro de 2013 | 17h 20
CARLA ARAÚJO - Agência Estado

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, comentou nesta terça-feira, 17, "a desistência" do ex-governador José Serra de tentar disputar as eleições como candidato do PSDB à Presidência da República em 2014. "Acho que a atitude do Serra foi de desprendimento. É uma atitude importante para unir o partido", disse Alckmin, ao participar da inauguração de ciclovia localizada na margem oeste do Rio Pinheiros, na capital paulista.

Segundo o governador, após a decisão de Serra, o anúncio formal da candidatura de Aécio Neves pelo partido pode "ser feito a qualquer momento". "À medida que o Serra não é o candidato, o Aécio já é o candidato", afirmou.

Nesta segunda-feira, Serra anunciou em um texto postado em seu perfil no Facebook a decisão de não colocar o seu nome na disputa intrapartidária. "Como a maioria dos dirigentes do partido acha conveniente formalizar o quanto antes o nome de Aécio Neves para concorrer à Presidência da República, devem fazê-lo sem demora. Agradeço a todos aqueles que têm manifestado o desejo, pessoalmente ou por intermédio de pesquisas, de que eu concorra novamente", escreveu Serra.

A decisão de Serra foi comemorada na manhã desta terça-feira por membros da cúpula tucana. Para Alckmin, é natural que o partido tenha correntes distintas. Ele voltou a afirmar que eleição só deve ser discutida no ano que vem e disse que no momento certo o PSDB estará unido. "A hora que for a campanha vai estar todo mundo junto", garantiu.

O governador fez questão de elogiar Serra, destacando sua carreira política e disse que o correligionário "está preparado para disputar qualquer cargo". Questionado se gostaria de ter no ano que vem uma chapa majoritária em São Paulo, com Serra como candidato ao Senado, o governador disse que seria "muito honroso e importante para São Paulo" contar com o tucano. "Mas é o Serra que vai definir", afirmou.



Tópicos: Alckmin, Serra

Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão

"Relatório foi omisso", admite Gabrielli

  • "Relatório foi omisso", admite Gabrielli
  • Pré-candidato do PV vai ao trabalho de bicicleta
  • Cerveró discorda que Pasadena era mau negócio



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo