ir para o conteúdo
 • 

Patrocinado por

Você está em Notícias > Política

Apoiadores de Marina querem mudar alianças estaduais

15 de dezembro de 2013 | 16h 56
DAIENE CARDOSO - Agência Estado

Militantes da Rede Sustentabilidade, partido em formação liderado pela ex-senadora Marina Silva, insistiram, neste domingo, 15, na reformulação da política de alianças regionais para as eleições de 2014 a ser encabeçada pelo PSB do governador e presidenciável Eduardo Campos (PE).

Durante o primeiro seminário programático da futura sigla, em Brasília, os principais apoiadores de Marina defenderam que a coligação Rede-PSB promova nos Estados a mesma lógica nacional de se apresentar como terceira via, acabando com as alianças regionais com o PSDB e PT. "Como se fala em nova agenda para o Brasil compondo com esses partidos?", deu o tom o deputado federal Walter Feldman (SP).

Apesar do governador Eduardo Campos ter reafirmado, hoje, a disposição de se chegar a um entendimento na maioria dos Estados, os apoiadores de Marina não esconderam as dificuldades em convencer o PSB a abandonar os palanques de PT e PSDB no Rio de Janeiro, em Minas Gerais e São Paulo, estados estratégicos para o plano de candidatura presidencial independente. "A nossa tese é a de que tem de ter candidaturas articuladas com o projeto nacional", explicou Pedro Ivo, coordenador de organização da Rede. "O melhor para nós, do ponto de vista de identidade com a política nacional, é reproduzir no maior número de Estados esse valor programático", concordou Feldman.

Em São Paulo, a Rede quer tirar o PSB da base de apoio à reeleição do governador tucano Geraldo Alckmin. Os "marineiros" dizem que a manutenção da aliança PSB-PSDB em São Paulo não é consenso nem no partido de Eduardo Campos e que não devem mudar de ideia nem se pesquisas de intenção de voto indicarem a viabilidade da manutenção da aliança, como quer o presidente do PSB no Estado, deputado federal Márcio França. "Não precisamos de pesquisa lá", disse Pedro Ivo.

Em recente conversa com Alckmin, Feldman explicou que a rejeição à candidatura tucana "não é pessoal" e o governador pediu uma nova conversa nos próximos dias. "O eleitorado que quer mudança quer em São Paulo também essa oportunidade", justificou Feldman. São Paulo é considerado ponto crucial para as discussões com o PSB.

Segundo o deputado, a Rede quer a revisão da aliança em pelo menos 10 Estados, como Rio de Janeiro e Minas Gerais. "Precisamos reduzir os locais onde a aliança ainda se faz no modelo antigo", pregou Feldman.

A sigla, hoje coligada ao PSB porque não conseguiu seu registro junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), formalizou no sábado, 14, a criação de um grupo de trabalho que fará um estudo da tática eleitoral para a sucessão do próximo ano. Os "marineiros" farão um documento com o balanço da evolução das conversas com o PSB sobre os palanques estaduais.






Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão

Cerveró discorda que Pasadena era mau negócio

  • Cerveró discorda que Pasadena era mau negócio
  • Pasadena não foi um bom negócio, diz Graça Foster
  • Candidatos de oposição escolhem São Paulo para sediar campanha



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo