ir para o conteúdo
 • 

Patrocinado por

Você está em Notícias > Política

Mensalao

Após renunciar ao mandato, deputado Pedro Henry se entrega à PF

Condenado a 7 anos por envolvimento no mensalão, parlamentar teve a ordem de prisão decretada nesta sexta-feira

13 de dezembro de 2013 | 13h 35
Atualizado às 13h51 - Débora Álvares - O Estado de S. Paulo

O deputado federal Pedro Henry (PP-MT), condenado por envolvimento no mensalão, se entregou no início da tarde desta sexta-feira, 13, à Superintendência da PF no Distrito Federal. Momentos antes, ele renunciou ao seu mandato na Câmara.

Pedro Henry foi condenado a 7 anos e 2 meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro - Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão
Pedro Henry foi condenado a 7 anos e 2 meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

Pedro Henry foi condenado a 7 anos e 2 meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ele vai cumprir pena em regime semiaberto. O parlamentar deve passar por exame de corpo delito e, em seguida, será encaminhado para o Complexo Penitenciário da Papuda, mesmo destino de outros presos, como o ex-ministro José Dirceu e o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares.

Na carta de renúncia dirigida ao presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), Pedro Henry reafirmou sua inocência. O texto precisa ser lido em plenário para a renúncia ser oficializada, o que deve ocorrer na segunda-feira, 16.

"Apesar de abreviar em um ano este mandato, meu sentimento é de dever cumprido para com os mato-grossenses", afirmou no texto. O parlamentar argumentou ainda que foi condenado apesar da ausência de provas e que foi negado a ele o direito de duplo grau de jurisdição para garantir a defesa.

Ao renunciar, Pedro Henry deixa de ser submetido a um processo de cassação na Casa e repete o gesto de dois ex-colegas, José Genoino (PT-SP) e Valdemar Costa Neto (PR-SP), também condenados pelo mensalão. O parlamentar estava em seu quinto mandato consecutivo na Câmara.





Tópicos: Mensalão, Pedro Henry,

Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão

"Relatório foi omisso", admite Gabrielli

  • "Relatório foi omisso", admite Gabrielli
  • Pré-candidato do PV vai ao trabalho de bicicleta
  • Cerveró discorda que Pasadena era mau negócio



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo