ir para o conteúdo
 • 

Patrocinado por

Você está em Notícias > Política

Brasil escolhe caças suecos Gripen

Teriam pesado na decisão a insatisfação do governo brasileiro em parceria com franceses para equipamentos da Marinha e denúncias de espionagem americana; anúncio oficial será às 17 horas

18 de dezembro de 2013 | 15h 41
Tânia Monteiro - O Estado de S. Paulo

Brasília - O caça de fabricação sueca Gripen, da Saab, é o escolhido para firmar parceria com a Força Aérea Brasileira para o programa FX-2, em substituição aos Mirage, que se 'aposentam' no próximo dia 31. O anúncio oficial sobre a concorrência que já foi adiada por cerca de 18 anos será feito nesta quarta-feira, 18, às 17 horas, pelo ministro da Defesa, Celso Amorim.

Processo de escolha pelo caça de fabricação sueca durou 18 anos - Divulgação
Divulgação
Processo de escolha pelo caça de fabricação sueca durou 18 anos

Além dos suecos, estavam na disputa caças da França, o Rafale, e dos Estados Unidos, o F-18.

Na Força Aérea, o Gripen sempre foi considerado favorito porque, apesar de ter muitos componentes norte-americanos, é um projeto a ser desenvolvido em parceria conjunta com o Brasil.

Na semana passada, segundo informações obtidas pelo Estado, a presidente Dilma Rousseff teria mandado recado para o presidente francês François Hollande, que não desejava tratar deste assunto durante a visita porque estaria insatisfeita com problemas na parceria para compra de equipamentos da Marinha.

Da mesma forma, a presidente Dilma está muito insatisfeita com os Estados Unidos por causa da espionagem sobre ela e empresas do seu governo. Este fato praticamente enterrou a parceria com os norte-americanos.

Desta forma, sobrou o avião sueco. "O que precisamos é de um caça, o mais rápido possível porque a partir de dezembro o nosso deixa de operar. Estamos muito felizes com a notícia", comemorou um brigadeiro, após ouvir a notícia dada pela presidente Dilma.


Confira o vídeo institucional do Gripen NG no Brasil:





Tópicos: Caças, Dilma, Defesa

Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão

"Relatório foi omisso", admite Gabrielli

  • "Relatório foi omisso", admite Gabrielli
  • Pré-candidato do PV vai ao trabalho de bicicleta
  • Cerveró discorda que Pasadena era mau negócio



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo