ir para o conteúdo
 • 

Patrocinado por

Você está em Notícias > Política

Cabral oferece ao PDT vaga em chapa do PMDB, afirma pedetista

Segundo Carlos Lupi, legenda poderá ficar com a vice ou disputar uma vaga no Senado pelo Rio

31 de janeiro de 2014 | 16h 01
Luciana Nunes Leal - O Estado de S. Paulo

RIO - Depois de fechar aliança com o Solidariedade e avançar nas negociações com o PSD, o governador Sérgio Cabral (PMDB) deve fechar nos próximos dias o apoio do PDT à candidatura do vice, Luiz Fernando Pezão (PMDB), ao Palácio Guanabara. Cabral conversou na quarta-feira, 29, com o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, ex-ministro do Trabalho. Segundo o líder pedetista, o governador ofereceu ao partido uma vaga na chapa majoritária, de vice-governador ou senador.

"O governador garantiu ao PMDB uma vaga na majoritária e, com isso, quebrou meu argumento, porque nós não abrimos mão da candidatura a vice ou ao Senado. Ele me deu xeque mate", disse Lupi. O presidente do PDT disse que levará a proposta para discussão no partido, mas que "a tendência é essa [de apoio a Pezão]". O PDT já faz parte da base do governo Cabral, onde ocupa duas secretarias.

Os pedetistas também foram procurados pelo PT, que disputará o governo com o senador Lindbergh Farias. "Conversamos com o PT, mas já temos uma aliança com o governador. Apresentei ao Cabral nossas condições, de avanço da educação em tempo integral e da participação na chapa majoritária. O mais provável é que o governador dispute o Senado e o PDT fique com a candidatura a vice-governador", afirmou Lupi.

Cabral acelerou as negociações com os partidos na semana em que o PT rompeu a aliança com o PMDB no Estado e promete devolver os cargos comissionados ocupados por petistas no Estado. Dois dias depois de o PT comunicar a rompimento ao governador, Cabral fez declaração pública de apoio à candidatura da reeleição da presidente Dilma Rousseff e disse não ter "medo" da candidatura petista.

Para Carlos Lupi, os baixos índices de intenção de voto de Pezão nas pesquisas e a baixa popularidade de Cabral podem mudar com a proximidade da campanha. "Não há condenação peremptória nem absolvição permanente", teorizou Lupi, acusado na semana passada pela empresária Ana Cristina Aquino de ter recebido R$ 200 mil, quando estava no Ministério do Trabalho, para facilitar a criação de sindicatos.

Lupi disse que entrou na Justiça contra a empresária. "Além de ladrão, ela me chama de burro. Ela me acusa de ter recebido R$ 200 mil para uma coisa que nunca saiu. Entrei como uma queixa crime e quero que ela explique como viajou com R$ 200 mil na bolsa, onde me encontrou, qual é o registro de que esteve comigo. Apareceu dois anos depois para me acusar de algo que não tem o menor sentido", disse Lupi.





Tópicos: Eleições 2014, Rio, Cabral, PDT

Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão

Deputado tem mandato suspenso

  • Deputado tem mandato suspenso
  • "Relatório foi omisso", admite Gabrielli
  • Pré-candidato do PV vai ao trabalho de bicicleta



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo