ir para o conteúdo
 • 

Patrocinado por

Você está em Notícias > Política

CNI/Ibope: mensalão e protestos são os mais lembrados

13 de dezembro de 2013 | 13h 05
RICARDO BRITO E RICARDO DELLA COLETTA - Agência Estado

A pesquisa CNI/Ibope divulgada na manhã desta sexta-feira, 13, apontou que as manifestações de rua no Brasil e as ordens de prisão dadas pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, aos condenados no processo do mensalão foram as notícias mais lembradas pela população, com 13% de menções cada uma.

As lembranças a notícias de espionagem da presidente Dilma Rousseff pelos norte-americanos e aquelas referentes ao leilão do Campo de Libra foram mencionadas, cada uma, por 5% dos entrevistados. Com 4% das menções, foi citada a sanção da lei que cria o programa Mais Médicos.

As citações ao escândalo do cartel em licitações de trens e metrôs em São Paulo, que atinge políticos do PSDB, receberam apenas 1% das lembranças. Esse é o mesmo porcentual de menções ao déficit das contas públicas ou ao aumento da taxa básica de juros da economia, a Selic.

O gerente-executivo de Pesquisa e Competitividade da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Renato da Fonseca, afirmou que, ao contrário de levantamentos anteriores, as notícias econômicas não chamaram a atenção da população nos últimos três meses. Ele também destacou que as notícias relativas ao mensalão não afetaram o governo Dilma. "É uma coisa do governo anterior", disse.

Segundo Fonseca, as políticas sociais de Dilma têm aparecido mais. "Os fatos positivos para o governo apareceram mais do que os negativos", frisou.

''Top 3'' negativo

A pesquisa mostrou o PT de Dilma Rousseff e do PSB de Eduardo Campos como partidos que têm governadores nos dois extremos das avaliações favoráveis ou contrárias da população quanto ao governo. Entre os três com melhores, o PSB ocupa a segunda colocação, com o governador de Pernambuco e pré-candidato à presidência, Eduardo Campos, que alcança 58% da avaliação ótima ou boa.

Logo atrás de Campos aparece o governador do Acre, Tião Viana (PT), com 55% das menções positivas. No outro extremo do levantamento, o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT), fica em segundo pior entre as 27 unidades da federação, com apenas 9% de avaliações ótimas ou boas. Na frente dele, está o governador do Amapá, Camilo Capiberibe (PSB), com 9% de citações favoráveis.





Tópicos: CNI-Ibope, Dilma

Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão

Deputado tem mandato suspenso

  • Deputado tem mandato suspenso
  • "Relatório foi omisso", admite Gabrielli
  • Pré-candidato do PV vai ao trabalho de bicicleta



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo