ir para o conteúdo
 • 

Patrocinado por

Você está em Notícias > Política

Corpo de Marcelo Déda chega ao palácio do governo em Aracaju

Corpo chegou ao local do velório após percorrer as ruas da cidade por mais de uma hora; Dilma e Lula devem comparecer à cerimônia que vai até terça

02 de dezembro de 2013 | 19h 10
Tânia Monteiro, enviada especial - Agência Estado

Aracaju - O corpo do governador Marcelo Déda chegou por volta das 19h ao Palácio de governo Olímpio Campos, em Aracaju, depois de percorrer por mais de uma hora as ruas da cidade em carro aberto. Pétalas de flores estão sendo jogadas por um helicóptero e centenas de militantes estão na porta do Palácio homenageando o governador, que morreu na madrugada desta segunda-feira, 2, em São Paulo, vítima de câncer no estômago.

A presidente Dilma Rousseff já está na cidade para presenciar o velório. Dilma está acompanhada de seis ministros. Entre eles, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo; da Educação, Aloizio Mercadante; do Desenvolvimento Social, Tereza Campello; da Secretaria de Comunicação Social, Helena Chagas; e do Gabinete de Segurança Institucional, general José Elito. Além deles, estão junto com a presidente Dilma o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, e o senador Wellington Dias (PT-PI).

A família do governador, mulher e os filhos, além do ex-senador José Eduardo Dutra, vieram num avião da FAB, cedido pela presidente Dilma Rousseff para levar o corpo de Déda de São Paulo para Aracaju. O ex-presidente Lula deve chegar à capital sergipana por volta das 20h (horário de Brasília). Lula estará acompanhado do prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, além de Luiz Dulci e Paulo Okamotto, que trabalham no Instituto Lula.

O senador Antônio Carlos Valadares (PSB-SE), também presente ao velório, afirmou há pouco que Déda deixou "um exemplo de muita coragem e um grande vazio na nossa política". Segundo Valadares, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, também irá ao velório.





Tópicos: Marcelo Déda, Velório

Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão

Cerveró discorda que Pasadena era mau negócio

  • Cerveró discorda que Pasadena era mau negócio
  • Pasadena não foi um bom negócio, diz Graça Foster
  • Candidatos de oposição escolhem São Paulo para sediar campanha



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo