ir para o conteúdo
 • 

Patrocinado por

Você está em Notícias > Política

Defendo regulação da mídia e não do conteúdo, diz ministro das Comunicações

Paulo Bernardo defende a elaboração de projeto específico e formas de se evitar monopólio na internet

03 de fevereiro de 2014 | 14h 25
RAFAEL MOURA - Agência Estado

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, reiterou, na tarde desta segunda-feira, 3, que é a favor da regulação da mídia, e não do conteúdo, ao deixar a cerimônia de posse de novos ministros no Palácio do Planalto. Para Bernardo, é importante discutir a forma de conduzir esse processo.


"Em primeiro lugar, eu sou favorável à regulação da mídia. Eu acho que sempre falei isso, sempre defendi. Nós precisamos apenas nos colocar sobre qual vai ser o modelo, sobre qual a forma de conduzir isso, se nós vamos fazer um projeto único ou por partes. Eu, por exemplo, acho que temos que incluir questões essenciais, por exemplo, sobre o que acontece na mídia de internet", disse o ministro.


Ao falar de internet, Bernardo destacou o Google: "O Google está se tornando o grande monopólio da mídia. E a gente vê assim uma disputa entre teles e TVs que, provavelmente, se durar mais alguns anos, o Google vai engolir os dois", disse o ministro.


Questionado sobre se o Brasil tem planos para diminuir a ação de companhias como o Google, Paulo Bernardo respondeu: "Isso tem de ser colocado na pauta. Se você tem, por exemplo, uma empresa que, num setor, tem 70% de participação, é evidente que talvez seja o caso de discutir. É para discutir, eu sou a favor de discutir."


"Não estou falando de regular conteúdo. Sou absolutamente contra. Agora, nós podemos ter dois tipos de veículo vendendo publicidade? Um pagando imposto e outro pagando nada? Isso eu acho que tem de ser visto. Essa discussão eu coloco assim até como um elemento para contribuir com um eventual debate", afirmou o ministro.


O ministro também disse esperar rapidez na questão do Marco Civil da Internet: "Espero que (o marco civil) seja votado logo. Me parece que a discussão já foi bem-feita, que todas as questões foram colocadas, acho que dá para votar, sim".




Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão

Deputado tem mandato suspenso

  • Deputado tem mandato suspenso
  • "Relatório foi omisso", admite Gabrielli
  • Pré-candidato do PV vai ao trabalho de bicicleta



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo