ir para o conteúdo
 • 

Patrocinado por

Você está em Notícias > Política

Deputado Newton Cardoso é considerado 'rebelde'

19 de janeiro de 2014 | 19h 04
ADRIANA FERNANDES - Agência Estado

Um dos parlamentares mais infieis da base aliada da presidente Dilma Rousseff é também um dos mais ricos e com longa trajetória na política nacional: o ex-governador de Minas Gerais Newton Cardoso (PMDB-MG).

Aos 75 anos, com uma fortuna declarada de R$ 77,9 milhões que o faz o terceiro mais rico da Câmara atrás apenas de João Lyra (PTB-AL) e Alfredo Kaefer (PSDB-PR), Cardoso foi prefeito de Contagem (MG) três vezes e governador de Minas Gerais uma vez.

É considerado na bancada um rebelde, pois costuma não se alinhar automaticamente às orientações de seu partido. Muito menos do governo. Segundo levantamento do Estadão Dados, Cardoso votou contra o governo em nove de 18 votações.

Ele se defende afirmando que não é "boi de presépio". "Não abaixo a cabeça para tudo que o governo quer", afirmou. Conhecido como "trator" e "Newtão", o deputado disse que não teme represálias do governo por conta das votações que contrariam o orientação dos líderes governistas. "Não quero ter emprego", ironizou.

O deputado criticou ainda o que considera "posição subserviente" do PMDB em relação ao governo federal e defendeu uma candidatura própria do partido para o governo de Minas Gerais nas eleições desse ano. "O PMDB não tem que dizer sempre sim".

Para ele, o governo da presidente Dilma Rousseff criou cisões "muito graves" no partido, que já podem ser observadas mais fortemente na Bahia, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. O quadro, previu, deve piorar. Na próximas votações, ele disse que vai manter a postura independente, votando contra o governo petista. "Vou continuar assim", avisou.



Tópicos: Deputado, New Cardoso

Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão

Deputado tem mandato suspenso

  • Deputado tem mandato suspenso
  • "Relatório foi omisso", admite Gabrielli
  • Pré-candidato do PV vai ao trabalho de bicicleta



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo