ir para o conteúdo
 • 

Patrocinado por

Você está em Notícias > Política

Dilma discutirá caso Snowden com chanceler

17 de dezembro de 2013 | 18h 01
LISANDRA PARAGUASSU - Agência Estado

O governo brasileiro ainda tenta articular uma reação à carta de Edward Snowden em que o ex-agente da CIA se dispõe a cooperar com investigações brasileiras sobre a ação da Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (NSA, ou seja, National Security Agency, na sigla em inglês) no Brasil. O ministro das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo, irá se encontrar nesta terça-feira, 17, com a presidente Dilma Rousseff para tratar do assunto.

A avaliação, tanto no Itamaraty quanto no Palácio do Planalto, é de que a intenção de Snowden é incerta e a situação, confusa. No seu texto, o ex-agente apenas fala que, enquanto não tiver um local de asilo permanente sua atuação é limitada e não poderá cooperar com as investigações feitas pela CPI do Congresso que investiga a ação da NSA.

O jornalista britânico Glenn Greenwald, que revelou as informações coletadas por Snowden e que é seu maior interlocutor, afirmou, por meio de sua conta no microblog Twitter, que a carta não é um novo pedido de asilo. "Esse não é a questão central da carta. A questão é que ele ainda tem um pedido pendente de asilo", afirmou.

O pedido de asilo a que Greenwald se refere foi entregue na embaixada brasileira em julho, e também a mais de 20 outros países. De acordo com o Itamaraty, o pedido foi feito em nome de Snowden pela seção russa da Anistia Internacional. Tecnicamente, não teria validade.

Na época, o governo brasileiro recusou-se a responder e não disse nem que sim, nem que não. Fontes do Itamaraty avaliam que "está no ar" que Snowden quer o asilo no Brasil e a carta foi uma sondagem. O governo também espera um aumento da pressão para que o asilo seja concedido. Ainda assim, a avaliação é que hoje, tecnicamente esse pedido não existe.

A resposta brasileira deve sair depois da conversa entre Figueiredo e a presidente. Até agora, ninguém no governo sabe o que fazer com o suposto pedido de asilo do ex-agente da CIA.



Tópicos: Snowden, Asilo, Dilma

Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão

"Relatório foi omisso", admite Gabrielli

  • "Relatório foi omisso", admite Gabrielli
  • Pré-candidato do PV vai ao trabalho de bicicleta
  • Cerveró discorda que Pasadena era mau negócio



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo