ir para o conteúdo
 • 

Patrocinado por

Você está em Notícias > Política

Dilma entrega casas e distribui abraços e beijos em Manaus

Após entregar obras e falar sobre as dificuldades da população local, presidente fez questão cumprimentar e posar para fotos com pessoas que lhe entregavam cartas e pedidos

14 de fevereiro de 2014 | 15h 05
Leonencio Nossa - O Estado de S. Paulo

Brasília - A presidente Dilma Rousseff entregou nesta sexta-feira, 14, 5.384 pequenas residências do programa "Minha Casa, Minha Vida" em uma área da periferia de Manaus. Ela fez um discurso ressaltando a importância da moradia para a população e destacando o seu empenho para resolver questões crônicas da capital amazonense, como a precariedade da frota de ônibus e problemas nas principais vias da cidade.

Presidente fez questão de posar com moradores da região - Divulgação
Divulgação
Presidente fez questão de posar com moradores da região

Ao sair do conjunto habitacional, Dilma fez questão de abraçar e beijar moradores, posar para fotos e demonstrar atenção com a pessoas que queriam lhe entregar cartas com pedidos de ajuda. No trajeto, ela chegou a sair do carro para atender pedidos de apertos de mão.

A presidente almoça no Palácio Rio Negro com o governador do Amazonas, Omar Aziz (PSD); o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio (PSDB), e representantes da bancada do Estado no Congresso. Depois, ela visita a Arena da Amazônia, que sediará jogos da Copa do Mundo, e um barco-escola em um porto da cidade.

Mais cedo, Dilma concedeu entrevista para rádios da cidade, defendendo o programa "Mais Médicos", que tem sofrido a perda de profissionais. "Para mim, esse é um programa do meu coração. Eu cuido dele, todo dia. Você tem uns problemas aqui, outros ali. Mas é um programa para as pessoas",disse.

Dilma também afirmou que se esforçará para aprovar uma proposta de emenda constitucional que enviou em 2011 ao Congresso ampliando o prazo dos benefícios para empresas que se instalarem em Manaus.






Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão

"Relatório foi omisso", admite Gabrielli

  • "Relatório foi omisso", admite Gabrielli
  • Pré-candidato do PV vai ao trabalho de bicicleta
  • Cerveró discorda que Pasadena era mau negócio



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo