ir para o conteúdo
 • 

Patrocinado por

Você está em Notícias > Política

Mensalao

Distrito Federal vai apurar se Dirceu usou celular na Papuda

Secretário de Indústria, Comércio e Mineração da Bahia, James Correia, afirmou que falou no dia 6 de janeiro por telefone com o ex-ministro, preso desde novembro passado

17 de janeiro de 2014 | 20h 27
O Estado de S. Paulo

Brasília - A Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal abriu nesta sexta-feira, 17, processo administrativo para investigar denúncia de que o ex-ministro José Dirceu teve acesso a um celular no Complexo Penitenciário da Papuda, onde cumpre pena pela condenação no processo do mensalão. Ele teria usado o aparelho para conversar com o secretário de Indústria, Comércio e Mineração da Bahia, James Correia.

A informação foi revelada pelo jornal Correio, da Bahia, na edição de 7 de janeiro. Segundo a coluna Satélite,  o secretário teria conversado ao celular com Dirceu durante um evento público. Ele teria perguntado ao petista sobre o Ano Novo e recomendado cuidado com a cabeça. Depois da ligação, segundo o jornal, o secretário revelou: "Era o Zé Dirceu".

Nesta sexta, após o jornal Folha de S.Paulo publicar notas a respeito da suposta conversa entre Dirceu e Correia, o governo do Distrito Federal anunciou a abertura do processo para apurar o caso.

O secretário baiano negou ter conversado diretamente com Dirceu, após a divulgação da notícia. Correia afirmou que havia falado com um empresário que acabara de visitar o ex-ministro na prisão e que manteria o nome do mesmo sob sigilo.

O advogado de Dirceu, José Luís Oliveira Lima, divulgou nesta sexta nota na qual negou "enfaticamente" que seu cliente tenha conversado por telefone celular na semana passada com o secretário. "Meu cliente afirma também que tampouco recebeu qualquer visita que tenha usado o telefone celular em sua presença no interior da Papuda, o que violaria as regras para visitas no presídio, e que estuda tomar medidas judiciais cabíveis para reparação da verdade no caso", afirmou.




Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão

Cerveró discorda que Pasadena era mau negócio

  • Cerveró discorda que Pasadena era mau negócio
  • Pasadena não foi um bom negócio, diz Graça Foster
  • Candidatos de oposição escolhem São Paulo para sediar campanha



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo