ir para o conteúdo
 • 

Patrocinado por

Você está em Notícias > Política

Em rádio, Dilma destaca investimento em mobilidade

20 de janeiro de 2014 | 10h 17
GABRIELA LARA, JOSÉ ROBERTO CASTRO, CARLA ARAÚJO E BEATRIZ BULLA - Agência Estado

A presidente Dilma Rousseff destacou, nesta segunda-feira, 20, o investimento do governo na área de mobilidade urbana. "Já destinamos

R$ 140 bilhões ao setor em todo o País, principalmente para diversificar a malha de transportes", disse em entrevista a rádios de Minas Gerais. "Consideramos a mobilidade coletiva algo fundamental", completou.

Dilma explicou que a liberação de recursos para a área de mobilidade urbana tradicionalmente ficava a cargo dos governos estaduais, mas sua administração julgou que era "impossível" que a União não participasse do processo. "Hoje, acontece uma importante parceria entre os diferentes níveis de governo", revelou. Segundo a presidente, só para o Estado de Minas Gerais há uma carteira de recursos federais de R$ 6 bilhões para mobilidade urbana. "Nós colocamos R$ 6 bilhões, o Estado e os municípios colocam mais R$ 2 bilhões, e assim fazemos um investimento maior."

Segurança pública

A presidente também declarou que seu governo e o do presidente Luiz Inácio Lula da Silva nunca deixaram a questão de segurança pública apenas nas mãos dos Estados. Segundo a presidente, o governo está investindo R$ 1,1 bilhão no sistema penitenciário nacional. A expectativa é que sejam criadas 47 mil novas vagas no sistema prisional, mais de 5 mil delas em Minas Gerais.

Dilma aproveitou para alfinetar "outros governos" que, segundo ela, colocaram o problema da violência como sendo apenas dos Estados. "Nós nunca nos omitimos, pelo contrário", afirmou.

Questionada sobre se o governo federal não poderia ajudar os Estados a enfrentar o problema da violência, Dilma falou em trabalho de cooperação, discorreu sobre as ações de seu governo nos últimos anos e disse que colocou à disposição dos Estados recursos do Orçamento Geral da União para a construção de presídios.

A presidente ressaltou ainda o trabalho da Força Nacional de Segurança Pública e o papel dos presídios federais de segurança máxima. Segundo ela, desde a criação destes locais destinados a abrigar presos de maior periculosidade, é "visível a redução no número de rebeliões".

Sobre a Força Nacional, Dilma ponderou que ela só pode ser utilizada em caso de solicitação do governo estadual, como foi o caso do Maranhão, onde homens trabalham no presídio de Pedrinhas. Dilma dividiu as responsabilidades entre os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário no caso da segurança pública e disse que é preciso mobilização por uma legislação que não seja leniente com a violência.





Tópicos: Dilma, Rádios

Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão

Pasadena não foi um bom negócio, diz Graça Foster

  • Pasadena não foi um bom negócio, diz Graça Foster
  • Candidatos de oposição escolhem São Paulo para sediar campanha
  • Peemedebista lança pré-candidatura em cima de um tanque de guerra



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo