ir para o conteúdo
 • 

Patrocinado por

Você está em Notícias > Política

EUA podem ser um 'parceiro útil', afirma Thomas Shannon

19 de dezembro de 2013 | 21h 33
CLÁUDIA TREVISAN, CORRRESPONDENTE - Agência Estado

O Brasil tem um serviço de inteligência pobre, que não está à altura de suas ambições globais, afirmou nesta quinta-feira, 19, o ex-embaixador americano no país Thomas Shannon. Segundo ele, os Estados Unidos podem ser um "parceiro útil" para os brasileiros no processo de construção desse sistema, que será cada vez mais necessário na medida em que o país amplie sua presença global e sedie eventos como a Copa do Mundo e as Olimpíadas.

"Há muitas pessoas interessadas no que está ocorrendo dentro do Brasil, que é o objetivo de ataques cibernéticos diários" declarou Shannon em palestra sobre a relação bilateral no Brazil Institute do Wilson Center, em Washington.

Documentos revelados pelo ex-técnico da Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês) Edward Snowden mostraram que os Estados Unidos monitoraram comunicações de cidadãos brasileiros e da presidente Dilma Rousseff, o que levou ao cancelamento da viagem que ela faria a Washington em outubro.

Entusiasta da relação bilateral e um dos maiores especialistas em Brasil na diplomacia americana, Shannon se disse frustrado com a interrupção do diálogo entre os dois países provocada pela divulgação dos documentos da NSA. A expectativa de seu governo é que ele seja retomado no início do próxima ano, depois que a Casa Branca concluir o trabalho de revisão das atividades de seu serviço de inteligência.

Os EUA anunciaram que estão prontos para discutir uma nova data da visita de Dilma, mas Shannon acredita que o Brasil precisa de mais tempo para dar uma resposta. "O Brasil está esperando para ver o que podemos oferecer e como poderemos avançar."

Segundo ele, os Estados Unidos apreciaram a maneira pela qual o governo brasileiro lidou com a carta de Snowden endereçada à população do país, na qual ele oferece ajuda nas investigações sobre a NSA e sugere a necessidade de asilo político.

Apesar de criar desafios, as revelações abriram a oportunidade para os dois países repensarem sua relação de inteligência, ressaltou. "Nossa esperança é que eles (os brasileiros) reconheçam que têm um parceiro útil em nós e que vão precisar olhar além das preocupações imediatas provocadas por Snowden para construir essa parceria", afirmou, em relação à cooperação nessa área.

A aprovação na quarta-feira de resolução da Organização das Nações Unidas (ONU) que estende à internet a proteção da privacidade prevista na Declaração Internacional dos Direitos foi apontada por Shannon como um exemplo de diálogo possível entre os dois países.

Apresentada por Brasil e Alemanha, a proposta foi modificada para contemplar posições americanas, o que permitiu sua aprovação por unanimidade. "Nós reconhecemos a importância da privacidade e de uma internet que é vista como um bem público global que precisa ser protegido."





Tópicos: Brasil, EUA, Espionagem

Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão

Deputado tem mandato suspenso

  • Deputado tem mandato suspenso
  • "Relatório foi omisso", admite Gabrielli
  • Pré-candidato do PV vai ao trabalho de bicicleta



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo