ir para o conteúdo
 • 

Patrocinado por

Você está em Notícias > Política

Hollande diz que Brasil queria avião menos sofisticado

19 de dezembro de 2013 | 19h 05
ANDREI NETTO, CORRESPONDENTE - Agência Estado

Um dia depois de ser informado de que não seria contemplado pelo contrato de compra de 36 aviões de caça para a Força Aérea Brasileira (FAB), o governo da França afirmou que o Brasil "queria um avião menos sofisticado e mais barato". A declaração foi feita pelo presidente François Hollande, e referia-se à escolha dos aviões Saab Gripen NG em lugar do Dassault Rafale e do Boeing F-18.

Os comentários foram os primeiros feitos pelo chefe de Estado depois da decepção da perda do contrato, avaliado em cerca de US$ 4,5 bilhões para o vencedor, a sueca Saab. "Eu esperava por isso há vários meses", disse Hollande, argumentando: "Na verdade o Brasil queria um avião menos sofisticado e, portanto, mais barato, e não necessariamente para usar logo em seguida". "A partir disso, o Rafale não poderia estar bem posicionado, mesmo sendo um avião muito bom."

A França ainda negocia com exclusividade - sem concorrência - a venda de seus caças para a Índia, em um contrato maior do que o brasileiro: 126 aviões e transferência de tecnologia irrestrita por US$ 15 bilhões. "Para que os Rafale fiquem mais baratos, é preciso que sejam vendidos", ponderou o presidente, reconhecendo que o preço do aparelho era mais alto do que o dos concorrentes.

Na mesma linha, o ministro da Defesa da França, Jean-Yves Le Drian, relativizou a perda para a indústria aeronáutica do país. "O Brasil não era nosso alvo prioritário", assegurou, reafirmando que o Rafale não era mais o favorito na disputa pelo FX-2 com a Boeing e a Saab.

A escolha do governo brasileiro repercutiu muito na França, nesta quinta-feira, 19, porque o negócio chegou a ser considerado fechado em 7 de Setembro de 2010, quando os então presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Nicolas Sarkozy anunciaram, em comunicado conjunto divulgado em Brasília, que os dois países negociariam em separado o contrato.

Parceria

Um dos responsáveis pela aproximação dos dois países ao longo dos últimos anos, o embaixador do Brasil em Paris, José Maurício Bustani, disse ao Estado que a Parceria Estratégica entre os dois países não foi abalada pela decisão do governo brasileiro. "As parcerias que estão em vigor estão caminhando lindamente, inclusive a construção dos submarinos e a dos helicópteros pela Eurocopter no Brasil", assegurou.

Bustani desmentiu ainda os rumores de que haja problemas na construção dos submarinos pelo estaleiro francês DCNS, parceiro da Odebrecht no Brasil em um contrato de US$ 10 bilhões - duas vezes mais do que o valor dos caças - ou com os helicópteros Super Cougar, da Eurocopter, já adquiridos pelo governo brasileiro.





Tópicos: Caça, Hollande

Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão

Deputado tem mandato suspenso

  • Deputado tem mandato suspenso
  • "Relatório foi omisso", admite Gabrielli
  • Pré-candidato do PV vai ao trabalho de bicicleta



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo