Investigação indica dois tipos de superfaturamento

Em relatório é possível concluir, 'com grande margem de segurança, pela ocorrência de prática de sobrepreço'

Fausto Macedo e Bruno Tavares, de O Estado de S.Paulo,

30 Janeiro 2010 | 23h34

A Operação Caixa Preta da PF detectou dois tipos de superfaturamento nas obras da Infraero: por falta de qualidade/quantidade e por sobrepreço e jogo de planilha.

 

Veja Também

linkPF aponta superfaturamento de R$ 1 bi em obras de aeroportos

linkInfraero diz apoiar PF e empreiteiras negam desvios

 

Superfaturamento é a emissão de uma fatura cujo preço está acima do valor de mercado. Sobrepreço é a diferença a maior obtida entre os preços contratados ou medidos e os preços utilizados como referência de mercado.

 

Segundo a PF, o superfaturamento por falta de quantidade e qualidade correspondeu a 16% do total superfaturado nas dez obras investigadas. O relatório assinala ainda que é possível concluir, "com grande margem de segurança, pela ocorrência de prática de sobrepreço".

Mais conteúdo sobre:
PF superfaturamento obras aeroportos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.