ir para o conteúdo
 • 

Patrocinado por

Você está em Notícias > Política

Mensalao

Janot quer diligência em presídio que receberá Jefferson

10 de dezembro de 2013 | 20h 48
MARIÂNGELA GALLUCCI - Agência Estado

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que determine a realização de uma diligência na unidade prisional para onde pretende mandar o ex-deputado Roberto Jefferson para verificar se o estabelecimento tem condições de prestar atendimento adequado a ele. Condenado por envolvimento com o esquema do mensalão, Jefferson foi submetido no ano passado a uma cirurgia para extrair um câncer do pâncreas. A defesa quer que ele cumpra a pena em casa.

Em parecer enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF), Janot afirmou que tanto um laudo apresentado pelo ex-deputado quanto o preparado por uma junta médica do Instituto Nacional de Câncer (Inca) reconhecem que Jefferson precisa usar de forma regular medicamentos e deve manter uma alimentação controlada.

"Embora exista uma conclusão inicial do laudo médico da junta designada no sentido de que não há imprescindibilidade de que o tratamento seja feito na residência ou mediante internação em unidade hospitalar, é essencial que seja feita diligência junto à unidade prisional para que informe, com a máxima urgência possível, se aquele local tem condições de permitir que o apenado cumpra rigorosamente com o atendimento médico recomendado", afirmou.

Nos próximos dias, o presidente do STF e relator do processo do mensalão, Joaquim Barbosa, deverá decidir se Jefferson e o ex-deputado José Genoino serão encaminhados para uma penitenciária ou se ficarão em prisão domiciliar. Genoino esteve no complexo penitenciário da Papuda, no Distrito Federal, por alguns dias em novembro, mas foi transferido para prisão domiciliar após reclamar de problemas cardíacos. Janot é a favor de que Genoino continue em prisão domiciliar.

Em outro parecer enviado ao STF, o procurador recomendou que o tribunal autorize a transferência do ex-deputado Romeu Queiroz para uma penitenciária em Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte (MG). Condenado a 6 anos e 6 meses de prisão no regime semiaberto por participação no esquema do mensalão, Queiroz cumpre atualmente a pena no complexo penitenciário da Papuda, no Distrito Federal.

Ele quer ser transferido para Minas Gerais, onde vivem sua mulher e filhos. O ex-parlamentar também pediu autorização para trabalhar na própria empresa, a RQ Participações. Como cumpre pena no regime semiaberto, Queiroz pode pleitear o direito de deixar a prisão durante o dia para trabalhar. Mas tudo tem de ser autorizado pela Justiça.

De acordo com a defesa de Queiroz, os órgãos responsáveis pelo sistema prisional em Belo Horizonte informaram que existe vaga no regime semiaberto. Para o procurador, a jurisprudência reconhece o direito do preso de cumprir a pena próximo à família. Mas ele fez questão de ressaltar que eventuais imperfeições no estabelecimento prisional não devem servir de fundamento para pleitear eventuais vantagens.





Tópicos: Mensalão, Janot, Jefferson

Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão

Deputado tem mandato suspenso

  • Deputado tem mandato suspenso
  • "Relatório foi omisso", admite Gabrielli
  • Pré-candidato do PV vai ao trabalho de bicicleta



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo