ir para o conteúdo
 • 

Patrocinado por

Você está em Notícias > Política

Mensalao

José Dirceu diz que condições do cárcere 'são razoáveis'

Ex-ministro escreveu em bilhete que passa o tempo 'lendo, estudando e trabalhando'

22 de dezembro de 2013 | 14h 09
Andreza Matais - O Estado de S. Paulo

BRASÍLIA - Preso desde o dia 15 de novembro, o ex-ministro José Dirceu diz já ter se acostumado com a vida no cárcere. "O ambiente entre nós é bom e apesar da ilegalidade da prisão e do regime fechado, as condições carcerárias são razoáveis. Temos biblioteca e banho de sol, como todos os internos, inclusive acesso a uma cantina", descreveu em bilhete encaminhado por meio dos advogados à uma amiga, publicado no seu blog mantido por assessores.

Dirceu foi condenado a 10 anos e 10 meses de prisão - Márcio Fernandes/Estadão (05/09/2013)
Márcio Fernandes/Estadão (05/09/2013)
Dirceu foi condenado a 10 anos e 10 meses de prisão

Sua rotina, segundo relatou, é "fazer muita ginástica e planos". Para o tempo passar diz que esta "lendo, estudando e trabalhando". Ele não informou no que está trabalhando dentro do presídio, mas observou: "O estudo e o trabalho contam como remição de pena. O ambiente entre nós é bom e apesar da ilegalidade da prisão e do regime fechado, as condições carcerárias são razoáveis. Apesar da saudade, da indignação, continuo daquele meu jeito que você também conhece."

O Blog do Zé publicou apenas o trecho do bilhete, não o manuscrito. Conforme o jornal O Estado de S. Paulo revelou hoje, os presos do mensalão foram obrigados a doar os livros para a biblioteca do Complexo Penitenciário da Papuda e passaram a cumpri horário para leitura.

Dirceu cumpre pena em regime semiaberto condenado como chefe do esquema do mensalão, que consistiu na compra de apoio político no governo Lula. Ele foi condenado a 10 anos e 10 meses de prisão em regime fechado, mas cumpre a pena no semiaberto até o julgamento de um último recurso pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o que deve ocorrer no próximo ano.

"Já na rotina para o tempo passar, lendo, estudando e trabalhando. Fazendo muita ginástica e planos. O estudo e o trabalho contam como remição de pena. O ambiente entre nós é bom e apesar da ilegalidade da prisão e do regime fechado, as condições carcerárias são razoáveis.Temos biblioteca e banho de sol, como todos os internos, inclusive acesso a uma cantina. Apesar da saudade, da indignação, continuo daquele meu jeito que você também conhece."



Tópicos: Mensalão, Dirceu

Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão

"Relatório foi omisso", admite Gabrielli

  • "Relatório foi omisso", admite Gabrielli
  • Pré-candidato do PV vai ao trabalho de bicicleta
  • Cerveró discorda que Pasadena era mau negócio



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo