ir para o conteúdo
 • 

Patrocinado por

Você está em Notícias > Política

Pelo Twitter, Geddel pede que Dilma o exonere da Caixa

26 de dezembro de 2013 | 20h 21
PEDRO VENCESLAU - Agência Estado

Possível candidato pelo PMDB ao governo da Bahia em 2014, o ex-ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima fez nesta quinta-feira, 26, um apelo público pelo Twitter para que a presidente Dilma Rousseff (PT) publique no Diário Oficial sua exoneração do cargo de vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa Econômica Federal (CEF).

"Cara Presidenta Dilma, por gentileza, determine publicação de minha exoneração da função que ocupo e cujo pedido já se encontra nas mãos de Vossa Excelência", escreveu.

Em uma mensagem anterior, Geddel revelou que pediu ajuda do presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), para que entre em cena e ajude a acelerar o processo. "Acabo de fazer novo e dramático apelo, agora ao presidente da Câmara, para que agilize a publicação da minha exoneração. O que está havendo?", questionou o ex-ministro.

Presidente do PMDB baiano, Geddel teme que a manutenção de seu cargo na estatal seja usada por seus adversários na campanha do ano que vem. "Entreguei (o cargo) em setembro e pediram para eu aguardar um substituto. Não fiz isso com a intenção provocar e não quero politizar", disse o peemedebista ao Estado.

Questionado sobre qual dos candidatos à Presidência contará com seu apoio, Geddel afirmou que não repetirá "o erro da eleição passada", quando apoiou Dilma.

Em 2010, a petista prometeu se dividir entre o palanque do ex-ministro de Lula e do governador Jaques Wagner (PT), que disputava a reeleição. Na reta final da campanha, porém, Dilma apareceu de surpresa em Salvador, segundo o ex-ministro, e gravou uma declaração de apoio para o governador baiano.



Tópicos: Geddel, Twitter

Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão

Pasadena não foi um bom negócio, diz Graça Foster

  • Pasadena não foi um bom negócio, diz Graça Foster
  • Candidatos de oposição escolhem São Paulo para sediar campanha
  • Peemedebista lança pré-candidatura em cima de um tanque de guerra



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo