ir para o conteúdo
 • 

Patrocinado por

Você está em Notícias > Política

'Pernambuco merece mais', diz Dilma no Twitter após agenda no Estado

Presidente parafraseou o slogan de seu provável adversário em 2014, Eduardo Campos, que afirma que 'é possível fazer mais e bem feito'

17 de dezembro de 2013 | 18h 46
RAFAEL MORAES MOURA - Agência Estado

Brasília - Pouco depois de participar de evento ao lado do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), a presidente Dilma Rousseff disse nesta terça-feira, 17, na sua conta pessoal no microblog Twitter, que "Pernambuco merece mais". O comentário remete ao slogan de Campos, seu potencial adversário nas urnas em 2014, que afirma: "É possível fazer mais e bem feito".

"Pernambuco merece mais. Merece mais emprego. Mais mobilidade urbana. Hoje anunciei investimento de mais R$ 1,9 bilhão para implantar o VLT da Avenida Norte, para 5 corredores de ônibus e para criar o Corredor Fluvial Sul, o 3º que implantamos na capital", escreveu Dilma no Twitter.

"Com estas novas obras de mobilidade que anunciamos hoje, meu governo está investindo em transporte coletivo em Pernambuco R$ 5,7 bilhões", prosseguiu.

Dilma viajou a Ipojuca na manhã desta terça para participar de cerimônia de conclusão das obras da P-62 no Estaleiro Atlântico Sul. No Twitter, exaltou a decisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de "fazer renascer a indústria naval brasileira". "Muitos duvidaram. Muitos criticaram. O meu governo continuou e expandiu essa decisão", comemorou.

Diplomático. No encontro com o governador de Pernambuco, Dilma e Eduardo Campos adotaram uma postura diplomática e evitaram críticas. No começo de seu discurso no Estado, a presidente chegou a agradecer Campos e destacou o "o alto nível das relações" entre ambos. O governador de Pernambuco disse ainda ter pela presidente um "respeito muito grande", pois tem Dilma como "a brasileira honrada que ajudou a construção do Brasil que temos hoje". "Que minhas palavras de agradecimento sejam extensivas a um outro grande brasileiro que nos aproximou, nosso querido presidente Luiz Inácio Lula da Silva", completou Campos.

O partido liderado por Campos, o PSB, fazia parte da gestão de Dilma Rousseff, mas rompeu com o governo federal em setembro, abandonando os cargos que ocupava na gestão Dilma, devido ao interesse de Campos de se lançar à Presidência em 2014.

Confira as manifestações de Dilma na rede social:





Tópicos: Dilma, PE, Twitter

Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão

Cerveró discorda que Pasadena era mau negócio

  • Cerveró discorda que Pasadena era mau negócio
  • Pasadena não foi um bom negócio, diz Graça Foster
  • Candidatos de oposição escolhem São Paulo para sediar campanha



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo