ir para o conteúdo
 • 

Patrocinado por

Você está em Notícias > Política

Pezão é acusado de propaganda eleitoral antecipada

11 de dezembro de 2013 | 19h 29
MARCELO GOMES - Agência Estado

A Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) do Rio de Janeiro ajuizou ação por propaganda eleitoral antecipada contra o vice-governador Luiz Fernando Pezão, pré-candidato do PMDB à sucessão do governador Sérgio Cabral nas eleições do ano que vem. O crime teria sido cometido durante solenidade de lançamento de um programa de asfaltamento de ruas em Magé, na Baixada Fluminense, em 11 de setembro. Na ação, a PRE pede que o Tribunal Regional Eleitoral do Rio (TRE-RJ) multe Pezão em R$ 25 mil. Esta é a sétima representação contra Pezão por antecipação de campanha.

Outros dois políticos que estavam no evento e têm base eleitoral em Magé também foram processados. Na ação, o procurador regional eleitoral, Maurício Ribeiro, alega que os discursos dos três serviram para favorecer a candidatura de Pezão ao governo do Estado. A ação teve como base um vídeo, feito pela equipe de fiscalização do TRE. A solenidade contou com público aproximado de mil pessoas.

De acordo com o procurador, Pezão se referiu à obra, que começaria no dia seguinte no distrito de Mauá, como uma realização pessoal. "Nós vamos fazer mais. Vamos lá pra Piabetá, fazer em Piabetá também", disse Pezão.

Mesmo sem o pedido explícito de votos, Ribeiro entende que a conduta caracteriza propaganda eleitoral antecipada. "O flagrante desrespeito às normas eleitorais ganha mais relevo quando se verifica que Pezão utiliza-se, reiteradamente, do programa de governo Bairro Novo para se aproximar da população para propagar a sua futura candidatura. Há atos potencialmente danosos à igualdade na competição eleitoral mesmo quando divulgados mais de um ano antes das eleições", declarou o procurador. Procurada pelo jornal O Estado de S.Paulo, a assessoria de Pezão informou que ele ainda não foi notificado da ação e que não iria se manifestar.




Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão

Deputado tem mandato suspenso

  • Deputado tem mandato suspenso
  • "Relatório foi omisso", admite Gabrielli
  • Pré-candidato do PV vai ao trabalho de bicicleta



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo