ir para o conteúdo
 • 

Patrocinado por

Você está em Notícias > Política

PMDB espera ter reunião com Dilma ainda nesta 2ª-feira

03 de fevereiro de 2014 | 14h 26
TÂNIA MONTEIRO E VERA ROSA - Agência Estado

O PMDB aguarda que ocorra ainda nesta segunda-feira, 3, um chamado da presidente Dilma Rousseff para que seja retomada a discussão sobre a reforma ministerial. O vice-presidente Michel Temer foi avisado de que a conversa com Dilma pode ocorrer nesta tarde. Na noite deste domingo, 2, Temer reuniu-se com líderes do partido e saiu do encontro convencido de que a legenda não abrirá mão de reivindicar mais uma vaga no governo.

Os peemedebistas querem o Ministério da Integração Nacional, mas a presidente avisou que esta vaga deve ficar com o Pros, dos irmãos Gomes. O PMDB aceitaria ser contemplado com a Secretaria Especial de Portos (SEP) da Presidência da República, que hoje também é controlada por um afilhado do governador do Ceará, Cid Gomes (Pros). No PMDB, o nome de consenso para uma destas pastas é o do senador Vital do Rêgo (PMDB-PB). Hoje, a sigla controla cinco ministérios: Previdência Social (MPS), Minas e Energia (MME), Agricultura, Turismo e Secretaria da Aviação Civil (SAC) da Presidência.

O presidente nacional da agremiação, senador Valdir Raupp (RO), que esteve no Palácio do Planalto na manhã desta segunda-feira para a posse de quatro ministros, disse esperar que Dilma "conclua a reforma o mais rápido possível" para que todos possam "tocar o barco". Raupp defende a ampliação do espaço do PMDB na administração federal e, apesar de reconhecer que a decisão é da presidente, emendou: "Ela sabe o tamanho do PMDB".

Outro peemedebista, o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, lembrou que, "se o PMDB for convidado, está em condições de apresentar este nome (para um novo ministério para o partido)". Já o chefe da SAC, Moreira Franco, depois de lembrar que a ampliação do espaço do partido "depende da presidente", acrescentou que a legenda "tem grande esperança que isso aconteça".




Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão

"Relatório foi omisso", admite Gabrielli

  • "Relatório foi omisso", admite Gabrielli
  • Pré-candidato do PV vai ao trabalho de bicicleta
  • Cerveró discorda que Pasadena era mau negócio



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo