ir para o conteúdo
 • 

Patrocinado por

Você está em Notícias > Política

PSB-Rede faz primeiro teste nas urnas

Velhos conhecidos de Santana de Parnaíba assumem discurso da ‘nova política’ em eleição extra na cidade

30 de novembro de 2013 | 19h 53
Isadora Peron - O Estado de S. Paulo

Santana do Parnaíba - A aliança entre o governador Eduardo Campos e a ex-ministra Marina Silva passa neste domingo, 1, pelo primeiro teste nas urnas. O PSB, histórico aliado do DEM em Santana de Parnaíba, na Grande São Paulo, decidiu lançar candidato próprio para a eleição suplementar do município. As chances de Magno Mori são pequenas, mas seus aliados tentam dar um ar simbólico à disputa. Marina chegou a gravar um vídeo de apoio ao candidato.

Segundo a versão oficial, a direção do PSB recomendou o rompimento com o DEM e o lançamento da candidatura própria após a união com a Rede Sustentabilidade, partido que Marina tentou criar sem êxito e que anuncia como bandeira o abandono das "velhas práticas políticas". Na versão extraoficial, Pedro Mori, irmão de Magno, que foi candidato a vice de Silvinho Peccioli (DEM) em 2012, acabou descartado da chapa nessa nova disputa. E diante desse cenário, o PSB optou por lançar candidatura própria.

Para preservar a imagem da "nova política" e evitar questionamentos do eleitor – já que Pedro havia sido também vice-prefeito quando Silvinho governava a cidade (2009-2012) –, o PSB decidiu lançar o nome do irmão dele, Magno.

Independentemente da versão, o novo rumo político do PSB em Santana do Parnaíba agradou aos militantes da Rede, que embarcaram na campanha.

"Não era possível apoiarmos um candidato do DEM", resume o deputado Walter Feldman, um dos coordenadores da Rede – que aderiu ao PSB em outubro. Com a mudança, o deputado se dispôs até a fazer corpo a corpo ao lado de Magno.

Para retribuir o apoio, o candidato do PSB incorporou parte do discurso "marineiro". Uma de suas propostas é criar a Secretaria de Políticas Sustentáveis, que iria coordenar a elaboração de projetos pautados pelo desenvolvimento sustentável.

"Aqui na cidade há uma perfeita harmonia entre Rede e PSB. Essa adesão nos fez crescer muito", disse Magno.

Em terceiro lugar nas pesquisas, o candidato do PSB acreditava que a prometida visita de Marina e Campos à cidade poderia criar uma reviravolta eleitoral. A visita nunca aconteceu, mas a imagem da dupla foi bastante explorada no material de campanha. Em placas espalhadas pela cidade, Magno aparece sorrindo ao lado dos dois.

O candidato conta que a ex-ministra, por ter disputado a Presidência em 2010, é mais conhecida que Campos na cidade. Ele destaca que Marina teve votação expressiva por lá, conquistando quase 10 mil votos (cerca de 20% do eleitorado da época).

Magno diz que os levantamentos eleitorais na cidade não são confiáveis e que sente no ar um sentimento de mudança. "Se a gente quer começar a mudar o Brasil, quem sabe essa mudança não pode começar por Santana de Parnaíba?"

Polarização. A nova eleição no município foi marcada pelo Tribunal Superior Eleitoral porque o prefeito eleito em 2012, Antonio da Rocha Marmo Cezar (PSDB), teve a candidatura indeferida pela Lei da Ficha Limpa. O filho dele, Elvis Cezar, presidente da Câmara Municipal, assumiu o cargo e entrou na disputa para manter a família no comando da cidade de pouco mais de 100 mil habitantes.

No total, são seis candidatos. O antigo aliado do PSB, Silvinho, também concorre. A campanha, que durou menos de um mês, foi marcada por intensa troca de acusações e pedidos de impugnação. O medo da população é que seja necessária uma terceira eleição caso o novo prefeito também enfrente problemas na Justiça Eleitoral.



 

 



Tópicos: PSB, Rede,

Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão

Cerveró discorda que Pasadena era mau negócio

  • Cerveró discorda que Pasadena era mau negócio
  • Pasadena não foi um bom negócio, diz Graça Foster
  • Candidatos de oposição escolhem São Paulo para sediar campanha



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo