ir para o conteúdo
 • 

Patrocinado por

Você está em Notícias > Política

PT considera 'natural' situação de Padilha em pesquisa

02 de dezembro de 2013 | 18h 02
BEATRIZ BULLA E RICARDO CHAPOLA - Agência Estado

O presidente eleito do PT paulista e ex-prefeito de Osasco, Emídio de Souza, avalia que a situação desfavorável do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, nas pesquisas de intenção de voto na disputa pelo Palácio dos Bandeirantes em 2014 é "natural" e diz que não espera nenhum milagre para o aumento da popularidade do petista antes do horário eleitoral gratuito. Emídio, que irá coordenar a campanha de Padilha no Estado, espera uma aliança com pelo menos mais cinco partidos na disputa paulista e aposta em um racha dentro da campanha pela reeleição do governador Geraldo Alckmin (PSDB).

Ao chegar para a reunião dos presidentes estaduais eleitos no último Processo de Eleição Direto (PED), nesta segunda-feira, 02, Emídio afirmou que um candidato novo só se tornará conhecido a partir do horário eleitoral gratuito. "Não esperamos nenhum milagre até lá. Até lá vai ser campanha de visitar organizações sociais, criar discurso adequado. Nós não temos pressa", comentou. Ele lembrou ainda que o atual prefeito de São Paulo, o petista Fernando Haddad, "patinou em um dígito (nas pesquisas de intenção de voto) durante muito tempo até dar um salto".

"O problema não é o que você tem um ano antes da eleição é o que você vai ter na chegada, para nós está absolutamente dentro do previsto, não tem surpresa nenhuma, não tem campanha na rua, não havia porque ele estar melhor que isso", completou.

Segundo Emídio, a prioridade na aliança estadual é a união com partidos da base parlamentar do PT. "Dois partidos dessa base têm candidatos em São Paulo, que são o PMDB e o PSD, os demais estamos conversando, inclusive aqueles que são da nossa base mas que integram a base do Alckmin em São Paulo", afirmou. "O vice do Alckmin dependendo de quem ele decida pode causar descontentamentos que engordem a nossa aliança", aponta o petista. Ele mencionou, por exemplo, que há conversas constantes do PT com o deputado Campos Machado, presidente estadual do PTB e tradicional aliado de Geraldo Alckmin.

Entre os partidos que Emídio conta para a aliança com o PT em São Paulo, estão PR, PP, PCdoB, PDT, PROS. A intenção é ainda cooptar para a aliança "quem desgrudar" da união com Alckmin.

Emídio negou que já haja uma discussão sobre um nome para o candidato a vice na chapa de Padilha. "Isso são conjecturas", completou. "Queremos um perfil (de vice) que complete o Padilha, não precisamos de um militante do PT, precisamos talvez de alguém com mais entrada no empresariado, na classe média", disse.

"O que é certo é que o vice não será do PT, mas estamos em uma aliança que deve ter, no mínimo, seis partidos, então vamos abrir essa discussão no momento adequado", completou.

Kassab






Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão

Cerveró discorda que Pasadena era mau negócio

  • Cerveró discorda que Pasadena era mau negócio
  • Pasadena não foi um bom negócio, diz Graça Foster
  • Candidatos de oposição escolhem São Paulo para sediar campanha



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo