ir para o conteúdo
 • 

Patrocinado por

Você está em Notícias > Política

'Saio igual', diz Figueiredo após reunião sobre espionagem nos EUA

Para ministro das Relações Exteriores, o processo de discussão entre os países ainda não foi encerrado e Dilma deve 'analisar os próximos passos'

30 de janeiro de 2014 | 15h 49
Claudia Trevisan, correspondente em Washington - O Estado de S. Paulo

Washington - O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Luiz Fernando Figueiredo, disse nesta quinta-feira, 30, em Washington que a reunião que teve com a chefe do Conselho de Segurança Nacional dos EUA, Susan Rice, não encerra o processo de discussão entre os dois países em torno da atuação dos serviços de espionagem americanos. "As explicações serão analisadas pelo governo brasileiro e a presidente Dilma (Rousseff) vai analisar os próximos passos", afirmou o ministro durante entrevista em Washington.

"Saio igual", afirmou o ministro em resposta a uma pergunta sobre se deixava o encontro mais otimista com o relacionamento bilateral. "Não é uma conversa no meu nível e no nível dela que levará a uma melhoria das relações." Figueiredo disse que a reunião não esgotou os esclarecimentos que haviam sido pedidos pelo Brasil, mas se recusou a revelar o que foi discutido - isso será relatado amanhã à presidente brasileira.

Rice e Figueiredo se encontraram durante 43 minutos nesta manhã. O convite para o ministro ir a Washington foi feito no dia 16, véspera do anúncio do presidente Barack Obama da revisão da atuação da Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês). Dilma cancelou visita de Estado que faria em outubro em reação às revelações de que a NSA monitorou suas comunicações e espionou dirigentes da Petrobras e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Na época, o governo disse que uma nova data para a viagem só seria discutida depois do processo de revisão da atuação dos serviços de espionagem, caso as mudanças fossem consideradas satisfatórias pelo Brasil.

No discurso que fez na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) em setembro, Dilma disse que esperava "desculpas" e "esclarecimentos" dos americanos em relação à ação da NSA. Figueiredo se recusou a dizer se a reivindicação de pedidos de desculpas foi reiterada. "O governo americano tem plena consciência do que para nós é fundamental."

No dia anterior, o vice-conselheiro de Segurança Nacional, Ben Rhodes, havia declarado em entrevista coletiva que Rice apresentaria a Figueiredo as mudanças anunciadas por Obama há dez dias. Entre elas, destacou a determinação de que a NSA não monitore comunicações de líderes de países aliados, a menos em casos de perigo à segurança nacional, e extensão a cidadãos estrangeiros de algumas das garantias de privacidade aplicadas aos americanos.






Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão

Cerveró discorda que Pasadena era mau negócio

  • Cerveró discorda que Pasadena era mau negócio
  • Pasadena não foi um bom negócio, diz Graça Foster
  • Candidatos de oposição escolhem São Paulo para sediar campanha



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo