ir para o conteúdo
 • 

Patrocinado por

Você está em Notícias > Política

Mensalao

Site de Genoino chega próximo da meta com doações de R$ 10 a R$ 48 mil

Militantes, deputados, advogados e até artistas já colaboraram com a página; amigos e familiares do petista esperam arrecadar R$ 667,5 mil até a próxima semana

17 de janeiro de 2014 | 20h 00
Mateus Coutinho e Ricardo Galhardo - O Estado de S. Paulo

Próximo de completar os R$ 667,5 mil necessários para pagar a multa de José Genoino no processo do mensalão, o site organizado por familiares e amigos do petista tem contado com doações que vão de R$ 10 a R$ 48 mil, a maior doação registrada até agora.

Amigos e familiares esperam arrecadar todo o valor da multa de Genoino até o dia 20 - Robson Fernandjes/Estadão
Robson Fernandjes/Estadão
Amigos e familiares esperam arrecadar todo o valor da multa de Genoino até o dia 20

De acordo com petistas próximas a Genoino, cerca 1.200 pessoas contribuíram para a arrecadação, que já está na casa dos 90% do valor total da multa, de R$ 667,5 mil. O prazo para o ex-presidente do PT quitar a dívida vai até a próxima segunda-feira, 20. "Acreditamos que vamos alcançar o valor na segunda ou na terça", afirma o coordenador do núcleo jurídico do PT, Marco Aurélio Carvalho.

Mesmo que o valor completo não seja pago no dia 20, e Genoino fique registrado com dívida ativa na União, os amigos do petistas estão otimistas, pois, nestes casos, a cobrança judicial da dívida costuma levar anos.

A maior parte das doações varia entre R$ 10 e R$ 50, mas também há valores mais robustos, de R$ 10 mil e, o maior registrado até agora, de R$ 48 mil. O perfil de doadores também é variado. Além de militantes e dirigentes petistas, há professores, médicos, advogados e até artistas como a atriz Tássia Camargo.

De acordo com Carvalho, mais de 30 deputados federais e estaduais, além de professores, médicos e advogados contribuíram com a campanha de arrecadação. Alguns dos doadores inclusive têm se manifestado no Facebook, como é o caso de Benedito Alísio da Silva Pereira, que afirma em publicação na página "mandato Genoino" que "a injustiça que fizeram com o senhor foi grande e revoltante, mas o senhor irá vencer mais essa adversidade. Siga em frente, com ânimo e de cabeça erguida, como o senhor sempre fez."

A página de arrecadação de Genoino aceita apenas doações de pessoas físicas, que precisam encaminhar para o e-mail do site o nome completo, RG, CPF e cópia do comprovante de pagamento. A medida visa manter o controle das doações que, por lei federal, são livres de tributação.

No caso das doações que não forem identificadas, elas serão tributadas. "Nestes casos, os amigos e companheiros de Genoino vão pagar a maior alíquota possível para evitar problemas com fisco, a solidariedade ao partido vai ajudar a pagar", promete Carvalho.

Rede de solidariedade. Com os bons números da arrecadação oito dias após a página ser criada, a "rede de solidariedade", como chama o partido, também deve lançar iniciativas para arrecadar recursos para o ex-ministro, José Dirceu, o ex-tesoureiro, Delúbio Soares e, no futuro, o ex-presidente da Câmara, João Paulo Cunha, que ainda aguarda ordem de prisão.

"Essa rede vai se estender aos demais companheiros, faremos todas ações quantas forem possíveis e necessárias. Seguramente o setorial jurídico fará isso para Dirceu, Delúbio e João Paulo", afirma Carvalho. No dia 10 de janeiro, o presidente nacional do PT, Rui Falcão, chegou a conclamar os militantes do partido a contribuir com doações para Genoino, Delúbio Soares, José Dirceu e João Paulo Cunha na página oficial do PT.

Além de Falcão, outros membros do partido declararam publicamente seu apoio a Genoino, como o deputado Cândido Vaccarezza, de São Paulo. Ainda segundo Carvalho, o PT está organizando uma série de jantares para ajudar na arrecadação de recursos para o pagamento das multas não apenas de Genoino, mas dos outros petistas condenados no julgamento do mensalão, como o ex-ministro José Dirceu e o ex-tesoureiro da legenda Delúbio Soares.

Na semana passada, a Justiça atualizou o valor da multa do petista, cujo valor inicial era de R$ 468 mil. A correção foi feita com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), a partir da data dos fatos que foram julgados pela Justiça. Ou seja, os R$ 468 mil eram em valores de 2003. As multas dos condenados no mensalão serão destinadas ao Fundo Penitenciário Nacional, que é utilizado para financiar melhorias no sistema prisional.






Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão

"Relatório foi omisso", admite Gabrielli

  • "Relatório foi omisso", admite Gabrielli
  • Pré-candidato do PV vai ao trabalho de bicicleta
  • Cerveró discorda que Pasadena era mau negócio



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo